Últimas

As 2 Casas de Israel - Efraim e Judá, as 2 Testemunhas - O Comissionamento



Diariamente tenho experiências com Deus, não digo para glória minha, mas por causa de Sua infinita misericórdia e pelos planos que Ele já traçou... é fato que por muitos anos, tenho buscado constantemente o Pai, e como Ele é um Deus vivo, Ele se manifesta como resposta do meu pobre clamor. Sempre avisto a glória manifesta de Deus em forma de fogo, luzes, nuvens, e também vejo a presença de anjos, mas esta experiência com Deus que você irá ler, foi profundamente tremenda, inesquecível, que me marcou para o resto de minha vida, e determinou meu horizonte ministerial.

Na madrugada do dia 20 de setembro de 2004, eu estava orando e adorando ao Criador por algumas horas, faminto pela manifestação de Sua presença. Então de repente vi, cerca de uns 4 metros de mim, ao lado do sofá, uma figura como a de filho de homem que vestia uma veste branca, iluminada, mais forte do que a luz do sol, e era envolvido de uma nuvem branca, chamas de fogo azul e vermelha, e várias correntes elétricas azuis e raios luminosos, e toda a sala se enchia daquela nuvem, do fogo, e das correntes elétricas, percebi que Ele estava com os braços levantados, como se estivesse me entregando algo.
Logo após, o Espírito do Eterno me disse: É o Cristo! É o noivo Yeshua!
Não consegui ver sua face, por mais que eu tentasse, pois ao estar caído como morto, como se houvessem várias toneladas sobre o meu corpo, não conseguia levantar meu rosto. Ao mesmo tempo eu era consumido por um choro desesperador, onde não conseguia soltar uma palavra da minha boca, sentia ser eletrocutado e fortemente estremecido, sentia um gigantesco temor, um medo até de morrer fisicamente por causa daquele poder.
Então por um momento o Espírito de Deus me deu forças para me assentar no chão e manter minha coluna ereta, e ainda olhando Jesus com os braços levantados, como se estivesse me entregando algo, vi espiritualmente como uma vara em forma de "Y" no chão, e naquele momento, Ele disse: "Ergue esta vara...", e eu a erguia, então Ele disse: "essa vara se chamará União," e disse ainda: "Com esta vara, você unirá as nações (goyms), para que elas me adorem, me sirvam, e façam minha vontade...".
Depois fui arrebatado em espírito para a frente das escadarias do Monte do Templo em Jerusalém, e Yeshua disse: "Você pisará neste lugar e derramará do meu cálice e do meu pão neste chão, e testemunhará o Meu Nome..."

Depois disso, não o vi mais, apenas pequenas bolas de fogo azul. Então, depois de orar mais um pouco e meditar sobre tudo aquilo, recuperei as forças e me levantei.

No dia anterior à esta experiência, a árvore da minha casa havia sido podada, e os restos de galhos não haviam sido eliminados. Então, por não ter ainda muita compreensão espiritual sobre aquela experiência, resolvi pedir à minha mãe se havia algum galho ou vara para fazê-la de símbolo referente à visão, e depois eu mesmo fui verificar se havia alguma vara, porém não encontrei. No dia posterior, minha mãe me avisou que havia separado uma vara daquela árvore, e quando fui ver, era exatamente igual à vara em formato de "Y" que me foi dada espiritualmente por Jesus durante a experiência sobrenatural.


Desde aquele dia, até este ano de 2016, eu jamais havia compreendido ou me esforçado a entender profundamente o significado e a ligação profética de minha experiência com a revelação bíblica das "Duas Casa de Ysrael - Efraim e Judá".

Confira os vídeo deste relato:



A Resposta de Deus

Em 2016 comecei a assistir os vídeos com estudos bíblicos sobre as profecias do Apocalipse no Canal "O Reino Eterno", do irmão Luíz Shimoyama, do Japão, e tomei conhecimento sobre o estudo das Duas Casas de Ysrael, e fui impactado com tamanha exatidão na similaridade com as experiências que tive!

Com Deus não existem coincidências! São sinais! É um chamado!
--

A profecia de Ezequiel 37:16-19 (que se inicia falando sobre o vale de ossos secos) é muito significativa para os últimos tempos na medida que aproxima o retorno do Messias de Ysrael.

Vimos que o Profeta une duas varas em uma só. Mas quem são essas vara unidas que caminharão assim no tempo do fim. De um lado tempo temos Judá (Yehudah e Beijamim) e de outro Efraim (10 tribos).

Yeshua na sua primeira vinda nos disse que veio senão para as ovelhas perdidas da Casa da Ysrael. Ao analisar esta afirmação podemos constatar que o Messias veio resgatar um povo específico e este povo havia se perdido da Casa de Ysrael, ou seja, uma ou mais tribos das doze originalmente constituídas havia se perdido.

Como Ocorreu a Separação das Duas Casas de Ysrael?

Mas como isso ocorreu? Após a separação do Reino do Norte e do Sul no Reinado do filho de Salomão, especificamente as tribos do Norte se dispersaram pelo mundo abandonando os ensinamentos da Torá e se paganizando com os costumes das gentes (gentios). Profeta Oséias fala sobre isso.
"E os filhos de Judá e os filhos de Ysrael juntos se congregarão, e constituirão sobre si uma só cabeça, e subirão da terra; porque grande será o dia de Jizreel." Oséias 1:11

JUDÁ = CASA DE YEHUDAH - (comumente chamada apenas por Judá, por ser a tribo que liderava entre as 2 tribos do Reino do Sul);
ISRAEL = CASA DE YSRAEL - (às vezes chamada de Efraim, pois era a tribo que liderava as 10 tribos do Reino do Norte, se tornaram os 'gentios', ou chamada às vezes também de 'nações');
UMA SÓ CABEÇA = YESHUA;
SUBIRÃO DA TERRA = RESSURREIÇÃO!



Enquanto isso Yehudah ficou fiel à Torah, mas sem o Cordeiro (pois ainda não reconheceu o testemunho do Messias) Efraim tem o Cordeiro, mas não tem a Torah.

Você conhece a parábola do filho pródigo? Ela se aplica aqui perfeitamente. Enquanto Efraim pede ao Pai a herança e a joga fora Yehudah se mantém na Casa de Yehudah

(Casa do Pai)

Mas Efrain nunca deixou de ser Ysraelita e agora no final dos tempos volta para a Casa de Ysrael arrependida do paganismo romano que se envolveu e pede a Torah. É nesse momento que Yehudah reconhece Yeshua como Messias e as varas são unidas novamente como profetizado por Ezequiel e ocorre a Restauração das Duas Casas a de

Yehudah e a de Efrain (Ysrael).

Precisamos nos conscientizar que existem milhares de Ysraelitas da tribo de Efrain espalhadas em todas as partes do mundo (são como a areia do mar). O Criador tem chamado a todos eles a voltarem a sua origens e voltarem-se para a Torah e para o testamento do Mashiach Yeshua.

A NOVA ALIANÇA FOI FEITA COM AS DUAS CASAS - "Eis que dias vêm, diz Adonai, em que farei uma aliança nova com a casa de Ysrael e com a casa de Yehudah. Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porque eles invalidaram a minha aliança apesar de eu os haver desposado, diz

Adonai. Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu

Elohim e eles serão o meu povo." - Jeremias 31:31-33

-- Na visão relatada, vocês se lembram de que Yeshua chamou a vara dada à mim de "UNIÃO"? Veja em Zacarias 11:14, como o Eterno chama a vara de Judá e Israel... UNIÃO! - veja:

"Então quebrei a minha segunda vara União, para romper a irmandade entre Judá e Israel."

---

A compreensão das Duas Casas de Ysrael é fundamental para você compreender as profecias de Daniel, Apocalipse, e saber onde foi parar o Israel como plano do Criador.

Pensando nisso eu selecionei dois vídeos que explicam perfeitamente que  Efraim e Yehudah são essa duas casas. Vieram da promessa do Criador a Abraão que seus descendentes seriam como as estrelas do céu e como do pó da terra.

Ao entender as duas casas você compreenderá que os gentios são Efraim (Casa de Israel) e a Casa de Yehudah (Judá e Benjamim) e unificadas pelo sacrifício perfeito de

Yeshua (Jesus).

Yeshua disse: “Eu vim senão para as ovelhas perdidas da casa de Ysrael“. Em razão da reunião das duas casas todos os que aceitam a nova aliança são Israelitas em razão do pacto renovado por meio do Nosso Salvador,  feito com Seu sangue.

Assista os vídeos do irmão Luíz Shimoyama abaixo e seja edificado com este estudo.


----

VAMOS ENTENDER MELHOR...
O QUE SÃO AS DUAS CASAS DE YSRAEL?

O Mapa de Ysrael e a Divisão das Tribos


Com a Conquista da Terra Prometida (Canaã) por Josué, os israelitas dividiram o território entre as 12 Tribos de Ysrael, formando uma única Nação, (ou Casa), tendo o REINO UNIDO, governada por apenas 1 rei. Obs: [Apenas 3 reis governaram as 12 tribos: Shaul, David e Salomão].

Anos depois, o rei Salomão cometeu graves pecados, e por isso, o Reino de Ysrael foi dividido em 2. Inicia-se então as DUAS CASAS DE YSRAEL (As 10 Tribos do Norte, lideradas por Jeroboão, da tribo de Efraim, se dividiram... formando assim A CASA DE YSRAEL) - (As 2 Tribos do Sul, permaneceram lideradas pelo filho do rei Salomão, Roboão)

Mais tarde, a CASA DE YSRAEL (Norte, 10 Tribos) foi invadida pelos Assírios, sendo ESPALHADOS PELO MUNDO, ficando alguns, que se misturaram, dando origem ao povo Samaritano.

Tempos depois, a CASA DE YEHUDAH (Sul, 2 Tribos) foi levada cativa para a Babilônia, ficando no EXÍLIO durante 70 anos, retornando à sua terra depois disso e permanecendo até a chegada do Messias!

Mostra que após tudo isso, haverá uma RESTAURAÇÃO DAS DUAS CASAS (12 TRIBOS) as quais terão Yeshua (Jesus) como o CABEÇA!

-
Entre as 12 Tribos de Ysrael, você sabe quem recebeu a BÊNÇÃO da primogenitura?


Não foi Rubén o filho mais velho, assim como aconteceu com seus pais, Isaque (que era mais novo que Ismael), e com Jacó|Ysrael (que era mais novo que Esaú, embora gêmeos), assim ocorreu com aquele que recebeu a bênção de ser o Primogênito entre as chamadas Doze Tribos.
Esse agraciado, era um Gentio! Nascido no Egito, e filho de mãe egípcia!

Além do mais, era o filho mais novo...
Esse é EFRAIM...
1 Crônicas 5:1-2 - [texto original] - versão ACF
"Quanto aos filhos de Rúben, o primogênito de Israel (pois ele era o primogênito; mas porque profanara a cama de seu pai, deu-se a sua primogenitura aos filhos de José, filho de Israel; de modo que não foi contado, na genealogia da primogenitura, Porque Judá foi poderoso entre seus irmãos, e dele veio o soberano; porém a PRIMOGENITURA foi de José)."

Aqui vemos que a Primogenitura entre os 12 irmãos fica com JOSÉ...
Não é atoa que José era o filho mais querido de seu pai. Afinal, ele era o filho primogênito de Raquel, aquela a qual desde o princípio ele amava e o desejava como esposa, e, se não fosse a intervenção desonesta de seu sogro Labão, Jacó sabia que José seria de fato seu PRIMOGÊNITO!
... Mas o Senhor restituiu a José o seu direito à Primogenitura, alegrando assim o coração de seu pai, Jacó|Ysrael.
Antigamente, era comum, no leito de morte o pai abençoar os seus filhos, começando pelo Primogênito (essa bênção em geral seria do primeiro filho nascido. Embora muitas vezes, o Senhor "quebrou a tradição". Vide: Ismael e Isaque; Esaú e Jacó...).

Nesse caso, José (através dos seus filhos) foi o PRIMEIRO filho a receber as bênçãos do seu pai!

Sabemos que entre os 12 irmãos, José foi colocado como o Primogênito.

Mas, isso ocorre através de seus 2 filhos: Manassés e Efraim.

Jacó, ao abençoar José, adota seus 2 netos como se fossem seus próprio filhos. Como se não bastasse, os coloca em posição destacada entre os demais. Ou seja, como

Rúben e Simeão, os 2 primeiros filhos!

Veja o texto bíblico: "Agora, pois, os teus dois filhos, que te nasceram na terra do Egito, antes que eu viesse a ti no Egito, são meus: Efraim e Manassés serão meus, como

Rúben e Simeão;

Mas a tua geração, que gerarás depois deles, será tua; segundo o nome de seus irmãos serão chamados na sua herança."
* Por isso, quando você observar um Mapa de Israel, perceberá que existem as Tribos de Manassés e Efraim.

# Um texto bíblico importantíssimo para compreender o que ocorre está aqui, quando Jacó vai abençoar os filhos de José, Manassés e Efraim, e, propositalmente INVERTE AS MÃOS, abençoando o menor, isto é, EFRAIM, com a bênção do PRIMOGÊNITO!

Vemos esse acontecimento em Gênesis 48:13-20:
"E tomou José a ambos, a Efraim na sua mão direita, à esquerda de Israel, e Manassés na sua mão esquerda, à direita de Israel, e fê-los chegar a ele.
Mas Israel estendeu a sua mão direita e a pôs sobre a cabeça de Efraim, que era o menor, e a sua esquerda sobre a cabeça de Manassés, dirigindo as suas mãos propositadamente, não obstante Manassés ser o primogênito.
E abençoou a José, e disse: O Deus, em cuja presença andaram os meus pais Abraão e Isaque, o Deus que me sustentou, desde que eu nasci até este dia;
O anjo que me livrou de todo o mal, abençoe estes rapazes, e SEJA CHAMANDO NELES O MEU NOME, e o nome de meus pais Abraão e Isaque, e MULTIPLIQUEM-SE como peixes, em multidão, no meio da terra.
Vendo, pois, José que seu pai punha a sua mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi mau aos seus olhos; e tomou a mão de seu pai, para a transpor de sobre a cabeça de Efraim à cabeça de Manassés.

E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça.
Mas seu pai recusou, e disse: EU O SEI, meu filho, eu o sei; também ele será UM povo, e também ele será grande; contudo o SEU IRMÃO MENOR será MAIOR que ele, e a sua descendência será UMA MULTIDÃO DE NAÇÕES.
Assim os abençoou naquele dia, dizendo: Em ti abençoará Israel, dizendo: Deus te faça como a Efraim e como a Manassés. E pôs a EFRAIM DIANTE DE MANASSÉS."
Assim, EFRAIM passa a assumir o NOME de YSRAEL...
Por isso, mais tarde, quando as 12 tribos se dividem em 2 Reinos (Norte e Sul), as 10 tribos do Norte se dividiram, passaram a ostentar o nome de Casa de YSRAEL, pois EFRAIM era cabeça das 10 tribos...

Além de tudo isso, a promessa sobre EFRAIM não era de se tornar apenas 1 Tribo em Israel, mas uma MULTIDÃO DE NAÇÕES!

---

AS 2 TESTEMUNHAS E AS 2 CASAS DE ISRAEL: UMA INDEFINIÇÃO



Em apocalipse lê-se a cerca de duas testemunhas. Muitos dizem que é Moisés e Elias, outros dizem que é Enoque e Elias. Mas se fizermos uma midrash dentro das escrituras, podemos encontrar base para tais afirmações? Leiamos o texto de Apocalipse.

E deixa o átrio que está fora do templo, e não o meças; porque foi dado às nações, e pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco. Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra. E, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo sairá da sua boca, e devorará os seus inimigos; e, se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto. Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem.  Ap 11:2-6

O texto possa está falando de duas testemunhas. Podemos perceber que expressão testemunhas podem está representando dois homens, dois povos ou duas nações. Não está definido no texto que se trata de dois homens ou de dois povos. Assim deve-se pesquisar ampliando as possibilidades. A pista para descobrir quem são as duas testemunhas está quando João diz “Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus”. Assim nós temos:

A casa de Yisrael como uma oliveira;

"Eu sararei a sua infidelidade, eu voluntariamente os amarei; porque a minha ira se apartou deles. Eu serei para Israel como o orvalho. Ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o Líbano. Estender-se-ão os seus galhos, e a sua glória será como a da oliveira, e sua fragrância como a do Líbano."  Oséias 14:4-6

A casa de Judá é uma oliveira;

"Porque, segundo o número das tuas cidades, são os teus deuses, ó Judá! E, segundo o número das ruas de Jerusalém, levantastes altares à impudência, altares para queimardes incenso a Baal. Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor nem oração; porque não os ouvirei no tempo em que eles clamarem a mim, por causa do seu mal. Que direito tem a minha amada na minha casa, visto que com muitos tem cometido grande lascívia? Crês que os sacrifícios e as carnes santificadas poderão afastar de ti o mal? Então saltarias de prazer. Denominou-te o Eterno oliveira verde, formosa por seus deliciosos frutos, mas agora à voz de um grande tumulto acendeu fogo ao redor dela e se quebraram os seus ramos. Porque o SENHOR dos Exércitos, que te plantou, pronunciou contra ti o mal, pela maldade da casa de Israel e da casa de Judá, que para si mesma fizeram, pois me provocaram à ira, queimando incenso a Baal." Jeremias 11:13-17

Respondi mais, dizendo-lhe: Que são as duas oliveiras à direita e à esquerda da menorah? E, respondendo-lhe outra vez, disse: Que são aqueles dois ramos de oliveira, que

estão junto aos dois tubos de ouro, e que vertem de si azeite dourado? E ele me falou, dizendo: Não sabes tu o que é isto? E eu disse: Não, senhor meu. Então ele disse: Estes

são os dois ungidos, que estão diante do Senhor de toda a terra.  Zacarias 4:11-14.

Então temos dois povos que são chamados de oliveiras, a casa de Yisrael e a casa de Yehuda. O que é há em comum entre todos esses casos é que eles todos são ungidos, cheios do Espírito de Deus. Para delimitarmos que são as duas testemunhas, devemos tomar mais algumas características.  Segundo o texto, as testemunhas vão ter as características de dois homens:

As características de Elias
Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia;

As características de Moisés
e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem.


Agora, devemos notar que embora esteja sendo descrita as características de dois homens, Moisés e Elias, as características de cada homem estão sob muitos, ou seja, os sujeitos estão no plural para cada conjunto de características. Então já nos parece que as duas testemunhas são dois grupos de pessoas, e não duas pessoas. Pode ser dois grupos de pessoas que agem sob a mesma unção que esteve em Moisés e Elias...
Que grupo de pessoas são essas?

Por outro lado, temos:

"Quando eles tiverem terminado o seu testemunho, a besta que vem do Abismo os atacará. E irá vencê-los e matá-los. Os seus cadáveres ficarão expostos na rua principal da grande cidade, que figuradamente é chamada Sodoma e Egito, onde também foi crucificado o seu Senhor. Durante três dias e meio, homens de todos povos, tribos, línguas e nações contemplarão os seus cadáveres e não permitirão que sejam sepultados. Os habitantes da terra se alegrarão por causa deles e festejarão, enviando presentes uns aos outros, pois esses dois profetas haviam atormentado os que habitam na terra." Apocalipse 11:7-10

Agora trata-se de dois homens. Algo intrigante. A final, são dois homens ou dois grupos? O autor está associando os dois grupos aos dois profetas identicados antes.

Estou convicto que muito em breve teremos a resposta à esta questão.


Diante de todas estas experiências, visões, sinais, confirmações proféticas, estudos, quero fazer apenas mais uma observação...
Como alguns já sabem, meu sobrenome é de origem judaica: Goes, vem diretamente da palavra hebraica GOYM, que traduzido para o português, quer dizer NAÇÕES, exatamente como a Casa de Israel, a tribo de Efraim é denominada: Nações, povos...

Vamos continuar com o trabalho de estudo, sempre nos aprofundando mais na intimidade com o Eterno!


Agradeço ao Criador, que através de sua imensa graça, me chamou para servir de sinal para uma Igreja onde muitos se encontram desanimados, sem perspectiva, aborrecidos com a sua própria vida, onde chegam a abandonar tudo o que Deus os deu, apostando-se da fé. Quero continuar a ser usado pelo Eterno... quero que cada segundo da minha vida sirva de testemunho para a restauração e reaquecimento da fé em Cristo.

Jamais abandonarei a Yeshua, o Cristo ressurreto! Mesmo que o mundo inteiro pregue contra mim, e me tirem tudo, e me humilhem, e peçam até a minha alma...
Eu darei a minha própria vida para realizar a Sua vontade!

Que eu seja mais um de vários testemunhas mártires de Cristo nestes últimos dias!

Que o Eterno os abençoe...


MARCOS P. EFRAIM GOES



Fontes: http://projetoduascasas.blogspot.com.br/ e Canal O Reino Eterno

Um comentário

Ildo Gaúcho disse...

Marcos ... muito esclarecedor. Tenho entendido assim também, muito por causa dos estudos do Luiz. Sou estudante de escatologia e estou tentando montar algumas video-aulas para quem não entende nada de escatologia. Seu artigo/texto/testemunho é excelente como roteiro. Espero ser bem sucedido na empreitada. Acho que você não vai se importar de tomar suas palavras. Quando eu aprontar a vídeo-aula te enviarei em primeira mão. Qualquer objeção a isso queira me contactar. Meu e-mail: yldogaucho@gmail.com. Eu também amo ao Senhor Jesus e sei que é necessário esclarecer a sua igreja a respeito dessa revelação, fundamental para entender o que está por vir. Que o Senhor nos abençoe nessa jornada. Ildomar Silveira Marques