RABINOS ACUSAM NETANYAHU DE “IMPLEMENTAR MICROCHIPS EM MASSA”: VENDENDO ISRAEL PARA A AGENDA GLOBALISTA - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL - Igreja da Rua

News

9 de mai. de 2020

RABINOS ACUSAM NETANYAHU DE “IMPLEMENTAR MICROCHIPS EM MASSA”: VENDENDO ISRAEL PARA A AGENDA GLOBALISTA


O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, provocou uma tempestade na noite de segunda-feira, após uma conferência de imprensa, quando atualizou o país sobre as mais recentes medidas de relaxamento dos regulamentos do Ministério da Saúde.

Isso porque, durante seu discurso, ele aludiu à ideia de instalar sensores de distância em crianças para emitir um sinal sonoro quando elas se aproximam das pessoas.

Com relação a uma segunda onda prevista do coronavírus, Netanyahu recomendou “novas tecnologias que ainda não foram ativadas. Tecnologias que estão dentro dos limites da lei que ativaremos. Isso significa, talvez, novos métodos que estamos discutindo.”

“Falei com os chefes de nosso departamento de tecnologia para procurar todos os tipos de ferramentas nas quais Israel realmente se especializou”, continuou Netanyahu. Por exemplo – sensores. Haveria um sensor que avisa as crianças, todas as pessoas, mas a começar pelas crianças, como um veículo em que, se você chegar perto dele, faz barulho. Uma campainha, se quiser. Não sei se é possível, mas eles estão investigando. Eles estão tentando.

O popular rabino Amnon Yitzchak, que tem milhares de seguidores em Israel, disse que gostaria de revelar o que está por trás da declaração de Netanyahu. Ele acusou o primeiro-ministro de se fazer de bobo em relação a uma segunda onda já planejada, dizendo: “Bibi, você finge que não sabe que tudo está planejado – uma segunda onda (de coronavírus) para forçar a vacina”.

O rabino Yitzchak também observa que o discurso de Netanyahu prova que a tecnologia sobre a qual o primeiro-ministro falou já existe e que o governo israelense pretende usá-la. O rabino também supõe que a declaração de Netanyahu se traduzirá em “microchips e sensores, para controlar a população e escravizá-los”.

O rabino Yitzchak conclui que o plano é forçar todos a vacinar e, se recusarem, se tornarão criminosos. O objetivo é preparar as gerações futuras para o projeto de Bill Gate.

“Por que é que quando a gripe, que matou muito mais pessoas, você nunca garantiu que as pessoas não impedissem que ela se espalhasse?” o rabino disse observando que Netanyahu é membro do Conselho de Relações Exteriores.

Outro rabino, o rabino Daniel Asor, do Instituto Yanar de Jerusalém, também deu uma resposta dura à declaração dizendo: “Netanyahu cruzou uma linha vermelha. Ele instalará um sensor em todas as pessoas em Israel e começará com crianças em escolas e jardins de infância.”

Referindo-se à história bíblica de Esaú vendendo seus primeiros direitos de nascimento a Jacó, o rabino Asor acrescentou: “Basicamente, Netanyahu vendeu a nação de Israel à agenda globalista por sopa de lentilha”.

Yaakov deu a Esaú pão e ensopado de lentilhas; ele comeu e bebeu, e ele se levantou e foi embora. Assim Esaú rejeitou a primogenitura. (Gênesis 25:34)



Via https://www.ultimosacontecimentos.com.br/2020/05/07/rabinos-acusam-netanyahu-de-um-implementar-microchips-em-massa-vendendo-israel-para-a-agenda-globalista/

Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site