O QUE BRUNO COVAS QUERIA COM GEORGE SOROS (E VICE-VERSA)? - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

23 de ago. de 2019

O QUE BRUNO COVAS QUERIA COM GEORGE SOROS (E VICE-VERSA)?


Segundo consta na agenda oficial da prefeitura de São Paulo, o tucano Bruno Covas, que assumiu a chefia do município no lugar do atual governador, o também psdbista João Dória, esteve em um jantar, há pouco mais de um mês, na casa do mega-bilionário George Soros, um dos maiores investidores da mundo e comandante da ONG Open Society Foundations, ao lado de Pedro Abramovay, representante de Soros na América Latina.



Para quem não conhece, Soros e sua ONG são mundialmente conhecidos pelo patrocínio ostensivo de grupos, agentes, pesquisadores, instituições, veículos de mídias, movimentos sociais etc., de viés progressistas (ou: extremistas de esquerda; ou: revolucionários, tanto faz).

A título de exemplo, está na lista das causas bancadas pelo magnata, ao redor do mundo, o aborto (o ministro Luís Roberto Barroso, agente do abortismo no STF, é chegado do Abramovay) e a liberação das drogas (é bem divulgada a relação de FHC, uma droguista empenhado, com Soros e a OSF).

Vale lembra que Soros é figura non grata em alguns país, dentre os quais o seu próprio, a Hungria, acusado de desestabilização social através da sua influência econômica.

Portanto, fica a questão: o que o prefeito de São Paulo queria com Soros (e vice-versa)?

Pelas posturas do tucano, já considerado um dos piores prefeitos da cidade, temos algumas pistas.




Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site