INACREDITÁVEL: PL DO “POLIAMOR” SERÁ VOTADO NESTA QUARTA - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

20 de ago. de 2019

INACREDITÁVEL: PL DO “POLIAMOR” SERÁ VOTADO NESTA QUARTA


orlando-silva-e-manuela-d-avilaO Projeto de Lei (PL) nº 3369/2015 de Orlando Silva (PCdoB) [na foto ao lado com Manoela D’Ávila] reconhece como família “todas as formas de união entre duas ou mais pessoas” e “independente de consanguinidade”, e será votado em Comissão da Câmara de Deputados em Brasília (DF) na próxima quarta-feira. Por essa regra estariam regulamentados “casamentos” que podem incluir, por exemplo, um pai com seu filho, o pai com a filha, mãe com a filha, mãe com um filho, ou qualquer combinação entre pais e filhos. Mas pode ser ainda mais amplo, incluindo mais pessoas de dentro ou de fora da família, com infinitas possibilidades, como casamento do pai com várias filhas, filhos e outras pessoas de fora da família, mãe com filhos, filhas e outras pessoas de fora, pessoas de outros parentescos como avós, tios, enteados/enteadas, etc. Na prática, qualquer agrupamento de pessoas passa a ser reconhecido como família.

O projeto será votado na Comissão de Direitos Humanos e Minoria (CDHM), na Câmara de Deputados em Brasília, na próxima quarta-feira (21/08). O PL pretende instituir o “Estatuto das Famílias do Século XXI”.

A Comissão de Direitos Humanos e Minoria tem minoria de conservadores e é presidida por Helder Salomão (PT-ES), com três vice-presidentes: o 1º vice é o padre João (PT/MG), o 2º é Túlio Gadêlha (PDT-PE) e o 3º vice é Camilo Capiberibe (PSB-AP).

Marcam presença outros cinco deputados do PT, um do PCdoB, um do PSDB, um do PDT e apenas um do PSL (Filipe Barros).

(Estudos Nacionais)

Clique aqui para ler o projeto e a justificativa absurda: “Há tempos que a família é reconhecida não mais apenas por critérios de consanguinidade, descendência genética ou união entre pessoas de diferentes sexos. As famílias hoje são conformadas através do AMOR, da socioafetividade, critérios verdadeiros para que pessoas se unam e se mantenham enquanto núcleo familiar.”

O que vem a seguir? Pedofilia? Bestialismo? Sodoma, desculpe aí!




Via https://michelsonborges.wordpress.com/2019/08/19/pl-do-poliamor-e-casamento-entre-pais-e-filhos-sera-votado-dia-21/?fbclid=IwAR1EvqQOx4TShXxy4NFw-4J59II6uODb5PWIL7VtRfz9mwrvewPzHeDX4Yk

4 comentários:

Fenixhunt disse...

Vamos orar ao Deus todo poderoso, senhor dos céus e da terra, autor e criador da família, que essa bestialidade mental idealizada, não seja aprovada.
As pessoas, muito delas políticos com essa visão exdruxula, parecem ter fezes na cabeça, porque numa visão sócio moralista, isso é um absurdo sem prosedencia.
Vivemos no mundo esquecidos de Deus,mas ele ainda nos vê,e sabe tudo o que fazemos ou dizemos, e de tudo daremos conta, não se enganem.

Unknown disse...

Já nem comento mais nada sobre esse assunto.Fui xingada mais de 100 vezes no you tube por assumir-me hetero

andré disse...

Apesar de ter erros na forma que foi escrito, a lei é muito boa. As pessoas que querem se casar com mais de uma pessoas poderão oficializar seu matrimônio. Lutar contra isso é querer impor sua visão de mundo aos outro. Quer se casar com uma só pessoa? Se case hora. Cuide de sua vida e deixe os outros cuidarem das suas.

andré disse...

Apesar de ter erros na forma que foi escrito, a lei é muito boa. As pessoas que querem se casar com mais de uma pessoa poderão oficializar seu matrimônio. Lutar contra isso é querer impor sua visão de mundo aos outros. Quer se casar com uma só pessoa? Se case hora. Cuide de sua vida e deixe os outros cuidarem das deles.

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site