MÉDICO ADVERTE O MUNDO SOBRE O "PULMÃO DE CHEMTRAIL", UMA NOVA EPIDEMIA QUE CAUSA PROBLEMAS CEREBRAIS E PULMONARES - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

29 de jul de 2019

MÉDICO ADVERTE O MUNDO SOBRE O "PULMÃO DE CHEMTRAIL", UMA NOVA EPIDEMIA QUE CAUSA PROBLEMAS CEREBRAIS E PULMONARES

Resultado de imagem para doctor warns chemtrails

A existência de chemtrails costumava ser um tópico de debate, mas agora eles estão sendo mais amplamente reconhecidos por especialistas como meteorologistas e cientistas. Está se tornando cada vez mais difícil negar que existam à medida que mais e mais pessoas estão sofrendo de doenças relacionadas a chemtrails.

Quando a apresentadora de TV, Rachel Reenstra, teve dificuldade em superar uma tosse persistente, acompanhada de dores e febre, ela visitou um médico. Depois que as radiografias do tórax revelaram um tipo de bronquite, ela recebeu antibióticos, o que só pareceu fazê-la se sentir pior.

Seu médico disse a ela que muitas infecções bacterianas estão ocorrendo, e quando ela perguntou de onde elas vêm, ele contou a verdade que muitos médicos não ousariam revelar a seus pacientes: os chemtrails estão no centro dos problemas pulmonares generalizados. Surpreendida por sua franqueza, ela perguntou se poderia filmá-lo falando sobre o fenômeno. Você pode ver o vídeo abaixo:

O médico diz que testemunhou centenas de californianos sofrendo desse problema, que ele chama de “pulmão de chemtrail”. Ele diz que é um “problema emergente” que está sendo enfrentado em todo o mundo, com gases tóxicos, produtos químicos, partículas de vírus, metais pesados ​​e outros gases que estão sendo pulverizados na atmosfera levando a níveis problemáticos de infecções respiratórias.

Ele acrescentou que é particularmente ruim onde Reenstra vive na Califórnia, graças à proximidade da área ao Aeroporto de Palmdale. Ele disse que a topografia da área e os ventos de Santa Ana pioram o problema, e o fato de muitas das cidades mais poluídas do país serem encontradas na Califórnia não ajuda. Além disso, ele citou os gases do fracking como contribuintes para o problema, juntamente com o uso excessivo de antibióticos e a inalação de mofo e bolor.

Curiosamente, os sintomas de Reenstra inicialmente apontavam para a gripe. Quando ela disse ao seu médico que não tinha tomado a vacina contra a gripe, ele ficou aliviado. No vídeo, você também pode ver o médico corajoso admitindo que ele não recomenda a vacina contra a gripe, exceto por um grupo seleto e, mesmo assim, ele não aconselha tomá-la todos os anos. Ele aponta que os cientistas basicamente adivinham o que incluir na vacina de cada ano e, em alguns anos, é menos de 20% eficaz. Ele acha que isso não beneficia os pacientes, e é melhor que eles sejam proativos em relação à saúde e à prevenção do que depender de injeções.

Tanto o médico quanto Reenstra estão arriscando suas carreiras falando publicamente sobre esse assunto polêmico, e só podemos esperar que sua coragem inspire os outros a falar.

Quase todo mundo na Terra respira ar perigoso

Não são apenas chemtrails que você precisa se preocupar, a propósito; há também a questão das partículas. O tipo de material particulado fino que vem dos escapamentos dos carros, por exemplo, pode causar inflamação nos pulmões e além, contribuindo para doenças cardíacas e resistência à insulina.

Um relatório do Health Effects Institute descobriu que 95 por cento da população do nosso planeta respira ar perigoso, que vem de tudo, desde a queima de combustíveis sólidos como carvão ou biomassa até emissões de transporte. No ano passado, mais de seis milhões de mortes foram relacionadas à poluição do ar, com causas como doença pulmonar crônica, câncer de pulmão, derrame ou ataque cardíaco.

Com tantas toxinas flutuando no ar que respiramos, a última coisa que precisamos é de chemtrails colocando substâncias ainda mais tóxicas em nosso ar.





Via: http://www.anovaordemmundial.com/ e https://www.geoengineering.news/2018-04-25-doctor-warns-world-about-chemtrail-lung-a-new-health-epidemic.html

Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site