CASAL HOMOSSEXUAL MATA SEU FILHO PORQUE NÃO QUERIA VESTIR-SE COMO MENINA - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

17 de jun de 2019

CASAL HOMOSSEXUAL MATA SEU FILHO PORQUE NÃO QUERIA VESTIR-SE COMO MENINA


Um crime terrível chocou os moradores da comunidade de Juventino Rosas, Guanajuato, no México.

O triste e macabro evento ocorreu no último mês de março. Onde um menino de apenas sete anos de idade, teve sua foi tirada pela própria mãe e sua parceira do mesmo sexo, e tudo porque o pequeno não quereria cumprir um capricho das duas.

O menor, identificado como Karol Ramón, era maltratado constantemente pelo casal de lésbica. Mas essas mulheres acabaram dando-lhe uma surra brutal, depois que o garoto se recusou a usar roupas de menina.

Isso desencadeou a fúria das mulheres, que bateram forte em Karol no estômago e na cabeça, de tal forma que causaram danos profundos a esses órgãos.

A mãe da criança, chamada Margarita, após espancarem o pequeno menino indefeso, o levou para um hospital comunitário para ser atendido; no entanto, o menino chegou morto ao hospital.

Na autópsia, descobriram que o corpo de Karol estava cheio de hematomas, bem como cicatrizes de queimaduras de cigarro e de golpes com objetos grandes.

Isso fez com que as autoridades iniciassem uma investigação contra o casal de lésbicas e com a ajuda dos vizinhos, descobriram que Ramón era constantemente espancado com um cinto, e mesmo com um martelo, um chicote e uma cadeira, e que ele passou vários dias sem comer

Um juiz determinou que a mãe passará pelo menos quatro meses em prisão preventiva acusada de homicídio, e a polícia procura por sua parceira, que está foragido.



Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site