CRIANÇAS VÍTIMAS EM ATENTADOS NO SRI LANKA DIZIAM ESTAR DISPOSTAS A MORRER POR CRISTO MINUTOS ANTES DE EXPLOSÕES - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

22 de abr. de 2019

CRIANÇAS VÍTIMAS EM ATENTADOS NO SRI LANKA DIZIAM ESTAR DISPOSTAS A MORRER POR CRISTO MINUTOS ANTES DE EXPLOSÕES

Crianças na Escola Dominical no Sri Lanka

Apenas alguns minutos depois de expressar sua disposição de morrer por Cristo, metade das crianças de uma aula da Escola Dominical na Igreja Zion em Batticaloa teria sido morta nos ataques suicidas do domingo de Páscoa no Sri Lanka, relata o Christian Post.

“Hoje era uma aula especial. Neste domingo de Páscoa perguntamos às crianças quantas delas estavam dispostos a morrer por Cristo? Todos levantaram as mãos. Minutos depois, elas desceram para o templo principal e a explosão aconteceu. Metade das crianças morreu no local”, testemunha Caroline Mahendran, professora da Escola Dominical na igreja de Sião, em Batticaloa.


Três igrejas e hotéis foram alvos da ação de terroristas islâmicos no país onde os cristãos representam menos de 10% de seus 20 milhões de habitantes. As autoridades confirmam mais de 290 mortos e pelo menos 500 feridos.

O padre Kumaran, líder da Igreja de Sião relatou ao jornal Times of India que ele testemunhou a morte de muitas das crianças pouco depois de ver o terrorista entrar no templo carregando uma sacola, que ele considerou suspeita.

“Perguntei quem ele era e o seu nome. Ele disse que era muçulmano e queria visitar a igreja”, explica o padre. Ele voltou suas costas ao visitante e caminhou em direção ao altar pois estava na hora de começar a missa. Foi então que ouviu uma explosão. Quando se virou, o sangue de seus fiéis, incluindo muitos da classe de crianças da Escola Dominical, estava salpicado nas paredes da igreja.

“Vinte e oito pessoas foram mortas, entre elas 12 crianças. Duas estão em estado crítico”, disse Kumaran à publicação.

“Eu nunca ouvi o som de uma explosão de bomba antes. Inicialmente pensamos que era a explosão de um pneu”, disse S. Vikash, 21, um socorrista que mora perto da igreja. “Quando percebemos que era uma explosão, seguimos o som de carros de bombeiros e ambulâncias. A cena era aterrorizante. Havia sangue e partes do corpo espalhadas por toda parte. Foi de cortar o coração ver os corpos das crianças.”

Além da Igreja de Sião, os atentados a bomba no Sri Lanka no domingo também atingiram o Santuário de Santo Antônio, na capital Colombo e a igreja de São Sebastião em Negombo.





Via Gospel Prime

Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site