FUKUSHIMA EXPÔS TODOS OS SERES HUMANOS À DOSE DE RADIAÇÃO DE UMA RADIOGRAFIA COMPLETA DE TÓRAX - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

7 de mar. de 2019

FUKUSHIMA EXPÔS TODOS OS SERES HUMANOS À DOSE DE RADIAÇÃO DE UMA RADIOGRAFIA COMPLETA DE TÓRAX

Image: Shocking new study finds that Fukushima disaster exposed EVERY living human to the radiation dose of a full chest x-ray

Se você acha que o desastre nuclear em Fukushima não o afetou muito, porque você vive tão longe dele, pense novamente. Pesquisadores que investigam o desastre nuclear de Fukushima fizeram uma descoberta surpreendente: o incidente devastador deu a cada ser humano no planeta uma quantidade de exposição à radiação equivalente a fazer um raio-x.

O desastre aconteceu depois que um terremoto de magnitude 9,0 e um tsunami subsequente atingiram o Japão em 2011, levando três reatores nucleares a fundirem-se na usina nuclear de Fukushima-Daiichi. Isso liberou materiais radioativos no ambiente.

Um dos pesquisadores, Nikolaos Evangeliou do Norwegian Institute for Air Research, disse que mais de quatro quintos da radiação foram finalmente depositados nos polos e nos oceanos, e que a população global provavelmente terá a menor exposição, mas isso será pouco conforto para aqueles que evitam raios-x devido o perigo da radiação. Seu grupo estimou que a maioria das pessoas recebeu uma dose de cerca de 0,1 milisievert, o que equivale a uma radiografia de tórax total. A pessoa média no Japão, no entanto, tem uma dose que é igual a cerca de 0,5 millisieverts, que se aproxima do limite anual recomendado para a inalação de radônio natural. Enquanto isso, os moradores de Fukushima e áreas vizinhas foram expostos a doses de até 5 milisieverts nos três meses seguintes do acidente.

Os especialistas dizem que os níveis de radiação no próprio local do desastre ainda são incrivelmente altos, e que a limpeza pode levar até 40 anos, enquanto alguns dos elementos radioativos liberados permanecerão no meio ambiente por quase 25.000 anos. Um engenheiro nuclear, Arnie Gundersen, disse à BBC que o local está "tão próximo do inferno quanto eu poderia imaginar".

Se você acha que a única radiografia que a maioria de nós foi exposta é ruim o suficiente, agradeça por não morar em Iitate, uma cidade que fica a cerca de 40 quilômetros do local do desastre de Fukushima. O governo insiste que os moradores da cidade voltem para casa e afirmam que é seguro, mas um relatório do Greenpeace descobriu que níveis tóxicos de radiação ainda existem lá, com um ativista dizendo que é equivalente a fazer um raio-x do seu peito toda semana!

Radiação de raios X aumenta o risco de câncer

Quão ruim é a radiação de um raio-x? Os raios X usam radiação ionizante, o que pode aumentar o risco de ter câncer em anos ou mesmo décadas após a exposição. Por esse motivo, os especialistas recomendam evitar radiografias desnecessárias. Pessoas mais jovens, bebês em gestação e mulheres têm riscos ligeiramente maiores de desenvolver um câncer induzido por radiação. Isso representa um risco menor para os idosos, dizem os especialistas, principalmente porque eles têm menos anos de vida em que o câncer pode se desenvolver.

O fato de não podermos controlar nossa exposição ambiental à radiação significa que precisamos estar particularmente atentos à exposição à radiação que podemos controlar. Por exemplo, se o seu médico sugerir uma radiografia ou tomografia computadorizada, descubra se é realmente necessário. Obtenha uma segunda opinião e descubra se seu médico tem participação financeira nesses testes. Descubra se métodos alternativos de diagnóstico podem funcionar em vez disso. Estamos expostos a radiação suficiente em nossas vidas cotidianas, e deveríamos estar fazendo tudo o que pudermos para evitar adicioná-la.



Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site