PACTO GLOBAL PARA MIGRAÇÃO APROVADO POR MAIS DE 150 NAÇÕES NA ONU; SE DEPENDER DE BOLSONARO, BRASIL SAIRÁ DE ACORDO - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

10 de dez. de 2018

PACTO GLOBAL PARA MIGRAÇÃO APROVADO POR MAIS DE 150 NAÇÕES NA ONU; SE DEPENDER DE BOLSONARO, BRASIL SAIRÁ DE ACORDO

Pacto Global para Migração aprovado por mais de 150 nações na ONU

O controverso pacto migratório das Nações Unidas foi aprovado nesta segunda-feira. Críticos acusam o documento de interferir na soberania das nações.

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira (10) por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade de Marrakech, no Marrocos.

A aprovação foi por aclamação durante a sessão plenária presidida pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres; a presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, e Nasser Burita, o ministro das Relações Exteriores do Marrocos.

Algumas nações se negaram a assinar o pacto e expressaram suas desconfianças sobre o texto, sobretudo aqueles receptores de emigrantes, como Austrália, Chile, Itália, Israel e um grande grupo de nações centro-europeias. Enquanto os Estados Unidos se opuseram a ele desde o início.

Durante seu discurso, Guterres lembrou que o pacto “não é um tratado” e que “não é juridicamente vinculativo”, deixando as portas abertas para que o assinem futuramente.

A lista completa dos votos ainda não foi divulgada pelas Nações Unidas.

Futuro chanceler diz que Brasil sairá do Pacto Global de Migração da ONU

“A imigração é bem vinda, mas não deve ser indiscriminada”, foi a frase escolhida pelo futuro chanceler Araújo para iniciar uma série de tuítes sobre o Pacto Global de Migração da ONU.

O futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, anunciou pelo Twitter que o “governo de Bolsonaro se desassociará do Pacto Global de Migração” das Nações Unidas.

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira (10) por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade de Marraqueche, no Marrocos.

O diplomata que assumirá o Itamaraty classificou o documento da ONU como um “instrumento inadequado”.

“A imigração não deve ser tratada como questão global, mas sim de acordo com a realidade e a soberania de cada país”, acrescentou Ernesto Araújo.

Confira abaixo as mensagens escritas pelo embaixador indicado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para representar o Brasil internacionalmente.
 





Via https://renovamidia.com.br/pacto-global-para-migracao-aprovado-por-mais-de-150-nacoes-na-onu/ e https://renovamidia.com.br/futuro-chanceler-diz-que-brasil-saira-do-pacto-global-de-migracao-da-onu/

Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site