Últimas

NETFLIX FECHA ACORDO COM TEMPLO SATÂNICO POR CAUSA DE SERIADO

Resultado de imagem para sabrina baphomet

O Templo Satânico, seita sediada em Detroit (EUA), processou a Netflix pelo uso indevido de sua estátua de Baphomet no seriado O Mundo Sombrio de Sabrina. Os satanistas pediam uma indenização de 50 milhões de dólares a título de ‘violação de direitos autorais’.

Embora essa representação do diabo, um ser alado, com corpo de homem e cabeça de bode seja muito antiga, o Templo Satânico criou uma estátua onde ela aparece ladeado por duas crianças. Os satanistas provaram que a Netflix e a Warner Bros., também detentora dos direitos da série, copiaram a obra numa das peças da Academia de Artes Ocultas, onde Sabrina estuda.

A nova versão do seriado, um reboot da comédia dos anos 1990, apresenta Satanás como um personagem recorrente. Em alguns momentos, ele é confrontado por Sabrina e retratado como uma espécie de vilão, o que incomodou os membros do Templo Satânico. Há também uma polêmica entre antigos fãs da série, que não gostaram de vê-la transformada em um programa que promove ocultismo de maneira aberta.

Agora, o serviço de streaming entrou em um acordo com a organização satanista e pagará um valor não revelado pelos uso da imagem. Lucien Greaves, o fundador da seita, vinha divulgando o uso “irregular” da estátua em suas redes sociais. Ele deverá usar o dinheiro para patrocinar novas atividades na busca de seu reconhecimento do satanismo como religião nos Estados Unidos.

O Templo Satânico tem se firmado como um grupo ativista contra o cristianismo, lutando na esfera pública para promover suas crenças. Em agosto, conseguiram permissão judicial para colocar sua estátua de Baphomet em frente à sede do governo do Estado de Arkansas. O ato foi um protesto contra um monumento aos Dez Mandamentos que já se encontrava no local.







Via Jarbas Aragão - Gospel Prime
Postar um comentário