Últimas

RUMORES DE GUERRA: JORDÂNIA TOMA DECISÃO QUE PODERÁ LEVAR A GUERRA COM ISRAEL


O rei Abdullah anunciou neste domingo que não pretendia estender a validade de um anexo ao tratado de paz com Israel, segundo o qual um território na Arava e terras agrícolas próximas a Naharayim continuariam sob a soberania israelense. Se a decisão não for mudada, o resultado é que dentro de um ano, a área de Naharayim e o enclave de Tzofar deverão retornar à soberania jordaniana, ou levar a uma nova disputa militar, fica difícil acreditar que o Estado de Israel cederá de braços cruzados.

A Jordânia informou a Israel que decidira cancelar este anexo do acordo de paz, o que é vergonhoso, isto de fato cancela todo o acordo. Essas áreas foram transferidas em 1994 para a soberania jordaniana, mas com direitos especiais de uso para Israel por 25 anos. A área de Naharayim foi definida como uma área de propriedade de Israel, com a possibilidade de mover agricultores e turistas para esta área. A partir deste ano, Naharayim foi aberto aos visitantes israelenses, sob o nome de "Ilha da Paz". Os agricultores israelenses cultivam a terra há muitos anos e, após o anúncio, Israel terá que devolvê-los à Jordânia?

O acordo de paz contém apêndices referentes à anexação das duas regiões, segundo os quais, 25 anos depois, cada uma das partes poderá dizer se pretende ou não continuar o arrendamento por mais 25 anos, desde que anuncie com um ano de antecedência. Agora, apenas um ano antes do final do aniversário de 25 anos, a Jordânia anunciou as declarações em um comunicado oficial publicado em Amã e em um comunicado que a embaixada jordaniana havia enviado ao Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém.



A decisão foi tomada como uma surpresa completa em Jerusalém, pois constitui um rebaixamento do tratado de paz entre os dois países, é de fato uma violação do tratado. Os fazendeiros israelenses cultivam essas terras há muitos anos. Isso significa que Israel terá que entregar os dois territórios aos jordanianos, a menos que consiga persuadir os jordanianos a chegarem a um novo acordo.

Em 13 de março de 1997, Em Naharayim ocorreu um dos eventos mais difíceis da história do tratado de paz com a Jordânia, quando um grupo de meninas de Beit Shemesh e Moshav Tzalfon visitou Naharayim e sete delas foram assassinadas por um soldado jordaniano que foi pego por seus companheiros e enviado à prisão perpétua. Em memória das garotas assassinadas, Orna Shimoni, membro do Kibbutz Ashdot Ya'akov Meuhad, estabeleceu um memorial - o "Flower Hill" - que faz parte do complexo de entrada de Naharayim.

Recentemente, muitos na Jordânia pediram ao seu governo que não renovasse o acordo com Israel. Entre os responsáveis para impedir a renovação do contrato de locação estavam a Ordem dos Advogados da Jordânia, que enviou uma carta oficial ao primeiro-ministro jordaniano, Omar a-Razaz. Além disso, 80 deputados jordanianos dos 130 assinaram um pedido para cumprir a recomendação do parlamento de cancelar o mesmo acordo.

Nos últimos dias tem havido várias manifestações sobre o assunto, juntamente com uma campanha de rede com uma contagem regressiva foi vista até o último dia em que a Jordânia poderia apresentar sua oposição à extensão do acordo. Nas redes sociais havia apelos para não renovar o acordo, mas também havia alguns que se perguntavam: "Como é possível que essa área sob controle israelense seja tão verde, enquanto a poucos metros as terras jordanianas estão áridas e desoladas?"

Obviamente a resposta é simples, Israel cuida de suas terras, e os jordanianos não, a benção está sobre Israel, o seu povo e sua terra, voltando estas terras para a Jordânia, elas com certeza voltarão a serem lugares desolados. Infelizmente parece que o governo da Jordânia não entende as graves consequências de seus atos. Se o Estado de Israel se recusar a devolver as terras, podemos estar diante de mais um conflito sangrento na região.

Fonte: IsraelHayom e YnetNews









Via https://www.cafetorah.com/rumores-de-guerra-jordania-toma-decisao-que-podera-levar-a-guerra-com-israel/?fbclid=IwAR1UccMLIl386c9IKwRHBWR8bqmpy8G0GYRml8lZfSdopk8DOJmhL_HEXGQ
Postar um comentário