Últimas

PROFESSOR DA SUÉCIA DENUNCIADO POR EXPLICAR BIOLOGIA BÁSICA

Professor sueco denunciado por explicar biologia básica

Uma universidade da Suécia está investigando um professor por “anti-feminismo” e “transfobia” depois que ele disse que existem diferenças biológicas entre homens e mulheres.

O professor de neurofisiologia, Germund Hesslow, leciona na Universidade de Lund. Ele foi acusado por uma estudante de fazer declarações “transfóbicas” e “anti-feministas” em uma palestra.

Durante uma aula, o professor sueco citou pesquisas indicando diferenças entre homens e mulheres que são “biologicamente fundamentadas” e, portanto, os gêneros não podem ser considerados apenas “construções sociais”.

A aluna responsável pela denúncia sugeriu que os comentários de Hesslow estavam em desacordo com a “base de valores” da Suécia – um conceito que requer que todas as escolas do país aceitem uma política ética comum, que inclui valores como igualitarismo, liberdade individual e igualdade dos sexos.

Em entrevista à RT, o professor Hesslow disse que alguns estudantes, “por razões ideológicas”, não gostam de ouvir certos fatos científicos sobre as diferenças biológicas entre homens e mulheres.

O docente sueco está sendo pressionado a retratar seus comentários, mas até agora se recusou a voltar atrás.




Via https://renovamidia.com.br/professor-da-suecia-denunciado-por-explicar-biologia-basica/
Postar um comentário