Últimas

MADURO É ALVO DE DRONE COM EXPLOSIVOS E EXÉRCITO É O PRIMEIRO A CORRER

Resultado de imagem para maduro drone explosivo

Uma transmissão ao vivo do discurso do presidente venezuelano, Nicholas Maduro, em um evento de comemoração do exército foi interrompida abruptamente devido a uma explosão relatada. Militares alinhados na praça podiam ser vistos fugindo desordenados.

Segundos antes do endereço ser cortado, Maduro e os funcionários ao lado dele podem ser vistos olhando para o ar. Houve relatos não confirmados nas redes sociais de que um drone foi visto nos céus e pelo menos duas explosões foram ouvidas pelas testemunhas. Maduro teria sido evacuado da cena.

Uma fonte de Caracas citada relatou que o incidente foi uma tentativa malsucedida de assassinato de Maduro.

O freelancer jornalista venezuelano Roman Camacho relatou no Twitter, citando fontes não oficiais, que um drone carregado com C4 (um tipo de explosivo plástico) foi detonado perto da caixa presidencial. Vários cadetes do exército ficaram feridos, mas nem Maduro, nem nenhum de seus membros do gabinete foram feridos na explosão resultante, ele escreveu.

Maduro estava falando no evento que marcou o 81º aniversário da Guarda Nacional Bolivariana (GNB), um ramo das forças armadas do país, quando o incidente ocorreu.

O governo venezuelano deve divulgar uma declaração em breve.


=================================================
Eles confirmam que um ataque fracassado contra Nicolás Maduro em Caracas foi perpetrado

O presidente escapou ileso do ataque, que ocorreu em pleno discurso em uma celebração militar na capital venezuelana.

O vice-presidente de Comunicação, Cultura e Turismo, Jorge Rodríguez, confirmou a execução de um ataque contra o presidente da Venezuela Nicolás Maduro Moro, do qual ele saiu completamente ileso.

Ele disse que as explosões ocorreram em 17:41 (hora de Caracas, enquanto o chefe de Estado levou um ato pelo 81 aniversário da Guarda Nacional, na Avenida Bolívar, em Caracas, a poucos quarteirões do palácio presidencial.

Rodriguez disse que "vários dispositivos voadores" (drones) com cargas explosivas foram abatidos por militares da guarda presidencial.

7 Guardas nacionais ficaram feridos após as explosões e são tratados em hospitais em Caracas.

O vice-presidente Rodríguez informou que o presidente Nicolás Maduro estará caminhando em breve para o país.



Via RT
Postar um comentário