Últimas

ESTADO ISLÂMICO ESVAZIA POVOADOS CRISTÃOS DA SÍRIA


O grupo terrorista Estado Islâmico não destruiu apenas as casas dos cristãos na Síria. Ao que tudo indica, a vida em muitas comunidades nunca mais será a mesma.

Antes de abandonarem as regiões que um dia estiveram sob seu controle, os extremistas do Estado Islâmico demoliram a maioria das igrejas. E desde então, quase todos os prisioneiros libertados fugiram com suas famílias e seus vizinhos, esvaziando as comunidades cristãs.

Sete anos de guerra na Síria provocaram o êxodo de metade da população, levando milhões de refugiados a deixar o país. À medida que o governo de Bashar al-Assad retoma mais território dos jihadistas que tentaram afastá-lo do poder, é possível que algumas pessoas voltem.

Mas outras comunidades vulneráveis, como a de Tel Tal, ficaram tão traumatizadas que talvez nunca se recuperem, deixando buracos permanentes na sociedade síria.

O número de cristãos vem caindo há décadas no Oriente Médio, com perseguições e pobreza provocando migração em grande escala.

O grupo terrorista EI considera os cristãos infiéis e os força a pagar impostos especiais, intensificando o abandono de regiões da Síria e do Iraque.

O êxodo foi acelerado nesta região da Síria.

Antes do início da guerra, em 2011, cerca de 10 mil cristãos assírios viviam em mais de 30 povoados da região, que tinha mais de duas dúzias de igrejas. Hoje restam apenas 900 moradores, e há missas regulares em apenas uma igreja, segundo Shlimon Barcham, da Igreja Assíria do Oriente.

Alguns dos povoados estão completamente desertos. Em um deles, restaram cinco homens que ficaram para proteger as ruínas da Igreja da Virgem Maria, cujos alicerces os jihadistas dinamitaram. Outro povoado ficou com apenas dois moradores –uma mãe e seu filho.



Via https://renovamidia.com.br/estado-islamico-esvazia-povoados-cristaos-da-siria/
Postar um comentário