APÓS CHAMAR JESUS DE TRAVESTI, JOHNNY HOOKER CANTA NO CRIANÇA ESPERANÇA - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL - Igreja da Rua

News

20 de ago. de 2018

APÓS CHAMAR JESUS DE TRAVESTI, JOHNNY HOOKER CANTA NO CRIANÇA ESPERANÇA

Resultado de imagem para Johnny Hooker criança esperança

Realizado neste final de semana, o Criança Esperança 2018 reuniu cerca de 30 “mobilizadores” e enfatizou o engajamento social, tendo como uma das pautas a defesa da “diversidade”. O que antigamente era uma maneira de arrecadar fundos para programas de apoio a crianças e adolescentes, transformou-se em uma série de discursos sobre temas como racismo, igualdade de gênero e refugiados.

Nas últimas semanas surgiram nas redes sociais pedidos de boicote ao programa por conta da participação de Johnny Hooker, cantor pernambucano que chamou Jesus de “travesti” e “bicha”.

Sua apresentação no sábado (18) foi ao lado do ator Silvero Pereira. Os dois artistas, sabidamente homossexuais, cantaram a música “Toda forma e amor”, de Lulu Santos. Fizeram, porém, uma alteração na letra original. Ao invés de “Eu sou teu homem/Você é minha mulher”, entoaram “Eu sou teu homem/Você sabe qual é”.

O figurino andrógeno dos dois também chamou atenção. Hooker usava uma roupa feminina e pereira dois brincos enormes com o nome do programa.

Em determinado momento da programação do sábado, a atriz global Dira Paes fez um discurso sobre as desigualdades do Brasil. Na sequência, a apresentadora Leandra Leal, disparou: “Estamos entre os 10 países mais desiguais do mundo. E a desigualdade econômica gera outras desigualdades: de escolaridade, de gênero, de oportunidade, de trabalho, de futuro”.

Entre as várias reações aos shows deste ano, era possível ver nas redes sociais a indignação de parte da população, que chamaram o Criança Esperança de “hipocrisia”. Muitos lembravam, por exemplo, que apresentadoras como Leandra Leal e Camila Pitanga no passado participaram de campanhas pela legalização do aborto no país.



Via Jarbas Aragão - Gospel Prime

Nenhum comentário:

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site