Últimas

TUMULTO ÁRABE NO MONTE DO TEMPLO

Pedra atirando no Monte do Templo

Quatro policiais israelenses ficaram feridos na sexta-feira em confrontos com manifestantes árabes no Monte do Templo depois das orações muçulmanas de sexta-feira. Árabes atacaram os policiais com pedras e fogos de artifício, enquanto dezenas de árabes entrincheiraram-se dentro da mesquita Aqsa.


A estrutura com cúpula de ouro é o Domo da Rocha, conhecido como Qubba al Sakhra em árabe. Al Aqsa Mesquita é a estrutura com cúpula prateada no extremo sul do Monte do Templo.


A polícia usou granadas de efeito moral e granadas de fumaça para controlar as multidões. 24 árabes foram presos depois que o chefe de polícia Yoram Halevy ordenou que a polícia entrasse no prédio. Após os tumultos, o Monte do Templo foi fechado para os muçulmanos por quatro horas, mas reabriu à tarde.

A porta-voz do governo jordaniano, Jumana Ghneimat, condenou “as provocações israelenses em curso na mesquita, incluindo a invasão do local na sexta-feira pela polícia israelense e seu ataque aos adoradores palestinos e funcionários da Autoridade de Investimento Religioso”.

"Tais práticas repreensíveis violam a santidade desse lugar sagrado, provocam os sentimentos dos muçulmanos em todo o mundo e violam as obrigações legais de Israel como potência ocupante em Jerusalém Oriental", disse Ghneimat em um comunicado citado pela agência de notícias Anadolu .

Ghneimat também disse que as ações israelenses eram "uma violação das convenções internacionais que enfatizam a necessidade de respeitar locais de culto".



Via https://www.breakingisraelnews.com/111431/arabs-riot-on-temple-mount-watch/
Postar um comentário