Últimas

PREOCUPAÇÃO GLOBAL: VÍRUS NIPAH CONTINUA MATANDO PESSOAS NA ÍNDIA


O extremamente raro vírus Nipah está fora de controle na Índia. Até agora, ele matou dezenas de pessoas e sua disseminação está causando "preocupações globais".

Pelo menos 13 pessoas morreram na Índia depois de um surto de uma doença rara que os oficiais de saúde alertam que poderia causar uma epidemia global. Medidas de emergência foram impostas no estado de Kerala, no sudoeste do país, após o surgimento do vírus Nipah, que causa sintomas semelhantes aos da gripe, levando a uma condição agonizante de inchaço cerebral conhecida como encefalite.

O vírus Nipah, tem uma taxa de mortalidade de 70%. Não há vacina para a infecção viral rara e aqueles que contraem o vírus podem acabar em coma. Especialistas em saúde foram transportados para ajudar a conter o vírus, o qual está listado ao lado do ebola e do zika vírus como uma das oito doenças prioritárias que a Organização Mundial da Saúde acredita que poderiam causar uma "epidemia global".

Desde 1998, o vírus Nipah matou 260 pessoas na Malásia, Bangladesh e Índia, e já se espalhou para Cingapura. Os porcos foram os hospedeiros nessa ocasião, mas desta vez foram espalhados por morcegos frugívoros, com vários animais com asas encontrados mortos em um poço na casa de uma família que perdeu quatro pessoas para a doença. A imprensa local relata que cerca de 200 pacientes em Kozhikode e Malappuram estão recebendo tratamento hospitalar, com 26 sob observação e três sob tratamento intensivo. Outra pessoa que morreu foi uma enfermeira que tratou aqueles que haviam contraído o vírus.

O vírus Nipah é altamente contagioso entre os porcos e é transmitido pela tosse. O contato direto com porcos infectados foi identificado como o modo predominante de transmissão em humanos quando foi reconhecido pela primeira vez em um grande surto na Malásia em 1999. O consumo de seiva de palma nova, possivelmente contaminada por morcegos frugívoros durante o inverno pode ter sido responsável por transmissão indireta do vírus Nipah para os humanos. A transmissão do vírus Nipah de humanos para humanos tem sido relatada em vários surtos recentes que demonstram o risco de transmissão do vírus de pacientes infectados para profissionais de saúde por meio do contato com secreções, excrementos, sangue ou tecidos infectados.

Durante os surtos anteriores na Índia, primeiro em 2001 e depois em 2007, mais de 50 pessoas morreram. Em ambas as ocasiões, foi relatado no estado de Bengala Ocidental, na fronteira com Bangladesh, com o país vizinho carregando o peso da doença nos últimos anos. Mas especialistas alertam que sem a contenção adequada, esse vírus pode causar um problema global.

O ministério da saúde do sindicato disse que o último surto deve permanecer localizado, embora o governo ainda tenha insistido para que as pessoas tomem precauções e emitiram conselhos sobre medidas preventivas. As pessoas não devem comer frutas que caíram no chão ou parecem apresentar marcas de dentes ou garras. As pessoas também devem evitar viajar para os estados afetados até que se saiba mais, disse o governo.



Via http://www.shtfplan.com/headline-news/global-concerns-rare-nipah-virus-continues-to-kill-people-in-india_05292018


Postado por Ricardo Silva
Postar um comentário