Últimas

GEORGE SOROS PERDE O CONTROLE DA ITÁLIA

Soros Cries Globalist Tears Over Populist Victory in Italy

Ele afirma histericamente que Salvini é o fantoche de Putin

O bilionário elitista George Soros está arrasado com a vitória de uma coalizão populista anti-globalista na Itália.

Na semana passada, o partido direitista de Matteo Salvini, Lega, e populista do Movimento 5 Estrelas fez um acordo para formar um governo, derrotando uma audaciosa tentativa de instalar um tecnocrata pró-UE como primeiro-ministro da Itália.

Isso provocou uma reação tumultuada de globalistas em todos os lugares, mais notavelmente de Soros, que apareceu em um artigo para o jornal Corriere della Sera, alegando histericamente (sem evidência) que Salvini estava sendo controlado por Vladimir Putin.

"Eu não sei se Salvini foi financiado por Moscou, mas o público tem o direito de saber", disse Soros.

O chefe de política econômica de Lega, Claudio Borghi, reagiu afirmando: “Soros está preocupado com o governo italiano? Então isso significa que estamos indo na direção certa ...Entendemos que aqueles que especulam há anos sobre a pele de imigrantes, financiando ONGs e contrabandistas queiram invadir a Itália.”

“O vento mudou para [Soros] e para todos aqueles que lucraram com a morte de centenas de pessoas”, acrescentou.

Soros também admitiu que os elitistas arrogantes da UE querem “ensinar uma lição à Itália” por votar contra seus interesses, mas ele alertou que “se a UE seguir essa linha, ela cavará seu próprio túmulo provocando uma resposta negativa do eleitorado italiano."

Dada a sua plataforma política, é claro que os globalistas como Soros estão aterrorizados com o sucesso da coalizão populista.

A aliança 5 Estrelas/ Lega quer;

* Deportar 500.000 imigrantes ilegais
* Desincentivar os migrantes de tentar chegar à Itália em primeiro lugar
* Reafirmar a identidade católica da Itália enquanto registra e monitora as mesquitas
* Lidar com a taxa de natalidade em queda da Itália, oferecendo cuidados infantis gratuitos para as mães
* Acabar com as sanções contra a Rússia e trabalhar com Moscou para combater o terrorismo islâmico
* Afastar-se do modelo neoliberal de globalização e capitalismo monopolista
* Avançar para uma possível saída do euro e da União Européia

O sucesso da coalizão populista abriria caminho para que outros países europeus sigam o exemplo, começando pela Suécia, que tem eleições nacionais em setembro.

É por isso que globalistas como Soros farão tudo ao seu alcance para alimentar o caos e a instabilidade na Itália em uma tentativa desesperada de salvar o edifício em ruínas que é a União Europeia.






Via: http://www.anovaordemmundial.com e Infowars
Postar um comentário