Últimas

"JERUSALÉM SERÁ A CAPITAL DO CALIFADO ISLÂMICO", AFIRMA LÍDER DE MOVIMENTO

Kamal al-Khatib

O xeque Kamal al-Khatib, vice-chefe do Movimento Islâmico ilegal em Israel, publicou um artigo que expressa sua opinião sobre o status de Jerusalém.

O artigo, publicado no jornal Falestin de Gaza , choca aqueles que falam muito sobre seu amor e conexão com a Mesquita Al-Aqsa e observa que aqueles que realmente amam Al-Aqsa são aqueles que são ativos no terreno, realizam atividades islâmicas na mesquita, renovar as casas dos muçulmanos na Cidade Velha de Jerusalém e foram presos ou forçados a pagar uma multa por suas atividades ".

De acordo com al-Khatib, a Autoridade Palestina "está competindo conosco em seu amor por Jerusalém", mas eles também são os que negociaram Jerusalém durante os Acordos de Oslo e estavam dispostos a negociar sobre Jerusalém. Hoje, quando Jerusalém está se tornando mais judeus, choram lágrimas de crocodilo.

"A cidade de Al-Quds é a capital do califado islâmico, que é executado corretamente", escreveu o Al-Khatib. "Com a ajuda de Deus, isso logo se tornará realidade".

Al-Khatib, que serve como vice-chefe do proscrito ramo norte do Movimento Islâmico, foi proibido até outubro 2017 de entrar em Jerusalém ou Al-Aqsa. Em julho de 2017, ele afirmou que as autoridades israelenses " perseguem os ativistas prendendo dezenas deles, impedindo sua entrada em Jerusalém e Al Aqsa, e proibindo-os de viajar para o exterior".



Via https://www.israelnationalnews.com/News/News.aspx/241564
Postar um comentário