Últimas

LOUCURA ISLÂMICA: MUÇULMANA É ACUSADA DE PECADO POR PUBLICAR FOTO DE AZEITE QUE CONTINHA A PALAVRA "VIRGEM"

Resultado de imagem para azeite virgem

Isto é ridículo, mas note-se que, quando o homem acusa esta mulher de pecado, ele está fá-lo porque pensou em sexo quando ela disse "virgem". 

Ela é a responsável pelos pensamentos que lhe vieram. Isto é semelhante à mentalidade por trás do hijab: uma mulher deve cobrir-se para remover a causa da tentação de um homem, e se ele é tentado, é culpa dela. 

A responsabilidade é sempre da mulher, nunca do homem. Portanto, isto não é apenas ridículo, mas profundamente misógino e profundamente islâmico.

Robert Spencer/JihadWatch


"Uma mulher muçulmana foi acusada de cometer um pecado por publicar uma imagem de azeite porque continha a palavra 'virgem'" 

Gareth Davies, 16 de Outubro de 2017, MAILONLINE





Uma mulher muçulmana foi acusada de cometer um pecado por publicar uma foto de azeite porque continha a palavra "virgem".

A mulher, cujo perfil do Twitter apresenta as bandeiras da Jordânia, "Palestina" e Nova Zelândia, postou a foto no Snapchat e imediatamente recebeu uma resposta de um de seus seguidores. (...)

O homem, que mais tarde foi identificado pela mulher, disse: "Você não deve enviar fotos assim, porque contêm palavras como 'virgem' e isso faz um homem pensar sobre acções que você pode ter cometido".

Mais tarde ele tentou retroceder dizendo que sua mensagem era apenas uma"naseehah", que é uma palavra árabe para aconselhamento.

"Querida irmã. Eu simplesmente estava a dar-lhe conselhos sinceros em particular", escreveu ele no Twitter.

"Não há necessidade de expor essas coisas".









Via http://amigodeisrael.blogspot.com.br/

Nenhum comentário