Últimas

MUÇULMANOS GRITAM "ALLAHU AKBAR" E REPRODUZEM EXPLOSÕES EM FRENTE A IGREJA NO REINO UNIDO


Reino Unido: Muçulmanos foram para a porta de uma igreja gritar "Allahu Akbar" e reproduzir ruídos de explosões e tiros. 

Os dois detalhes mais importantes nesta história são estes:

1. "Fiquei alarmado primeiro, mas coisas assim são já habituais no leste de Londres" - disse uma testemunha.
Lugar comum no leste de Londres. E imagine-se o que será o leste de Londres em cinco anos, ou dez.
2. "A Met Police disse que não tinha conhecimento do incidente".
Provavelmente os agentes estavam muito ocupados seguindo as última incidências da "islamofobia".
O Daily Mail, o jornal mais odiado no mundo ocidental, é o único que esclarece:

"'Allahu Akbar' traduz-se do árabe como 'Alá é o maior'. A frase ganhou uma infeliz associação com o terrorismo porque os extremistas a gritam durante os seus ataques".

Na realidade, a tradição islâmica observa que Maomé gritou "Allahu akbar" ao lançar o seu ataque de jihad surpresa aos judeus desavisados ​​do oásis de Khaybar. Este grito tem sido uma característica dos ataques de jihad desde o início do Islão. O Daily Mail é o pior jornal do mundo ocidental, precisamente porque diz a verdade sobre a jihad e as origens ideológicas dessa atividade.

Jihad Watch

---------------------------------- 

"Vídeo dramático mostra 'manifestantes islâmicos' gritando 'Allahu Akbar' e reproduzindo o som de EXPLOSÕES em pleno volume numa rua leste de Londres" 

Liz Dunphy, Mailonline, 27 de Setembro de 2017:
Um vídeo inquietante de manifestantes reproduzindo o som de explosões e a gritar'Allahu Akbar' assustou os habitantes no leste de Londres na noite de terça-feira. 

Testemunhas disseram que os homens que usavam vestuário islâmico e reuniram-se perto de Ilford às 19h45.
Dois homens repetidamente gritaram Allahu Akbarpara um microfone e reproduziram sons de explosões em pleno volume com um alto-falante. 

Uma testemunha, que pediu para não ser nomeada, disse: "Fiquei alarmada, não sabia o que estava a acontecer. Quando alguém grita Allahu Akbar enquanto toca sons de explosões num alto-falante, está deliberadamente a tentar alarmar". 

"Houve muita agitação, e com um grande grupo de muçulmanos a gritar e apluadir".
Allahu Akbar traduz-se do árabe como "Alá é o maior". A frase ganhou uma infeliz associação com o terrorismo porque os extremistas são ouvidos a gritá-la durante os seus ataques.
"Não tenho ideia do que eles estavam a fazer, mas foi claramente um tipo de protesto", afirmou a testemunha.

"Um motorista de autocarro parou e pediu-lhes que saíssem da estrada, mas a multidão de muçulmanos recusou e virou o alto-falante para calar os pedidos do motorista", disse a testemunha.
"Primeiro fiquei alarmado, mas coisas assim são de esperar, tornaram-se o habitual [sic] no leste de Londres ...". 

A Met Police disse que desconhecia o incidente.







Via Amigo de Israel

Nenhum comentário