Últimas

ITÁLIA: MIGRANTES MUÇULMANOS ESPANCAM TURISTA POLACO E VIOLAM A SUA ESPOSA EM GRUPO NA PRAIA DE RIMINI

O Alcorão ensina que as mulheres infiéis podem ser legalmente tomadas para uso sexual (ver a permissão para que um homem tome "cativas da mão direita",Alcorão 4: 3, 4:24, 23: 1-6, 33:50 , 70:30).

O Alcorão diz: "Ó Profeta, diz a tuas esposas e a tuas filhas e às mulheres dos crentes para se cobrirem. Isso é mais adequado para que elas sejam conhecidas e não sejam abusadas. E sempre é Alá perdoador e misericordioso." (33:59).

A implicação é que se as mulheres que não se cobrirem adequadamente podem ser abusadas e que tal abuso é justificado.

-----------------------



"Itália: homem polaco espancado até ficar inconsciente e esposa violada em grupo na praia de Rimini, por suspeitos migrantes africanos"
de Jack Montgomery, Breitbart, 26 de Agosto de 2017:

Um jovem casal da Polónia foi submetido a um"ataque brutal e bestial" por quatro homens suspeitos migrantes africanos numa praia em Rimini, na Itália.

Os jovens de 26 anos davam um passeio nocturno, no popular destino turístico, quando foram confrontados por quatro homens, relata a Wiadomości.

O jovem foi espancado até ficar inconsciente pelo gangue, que então submeteu a sua parceira a múltiplos estupros à sua frente. Ambos foram roubados.

O consulado polaco em Milão diz que está a ser prestada toda a assistência ao casal, e que foram ambos hospitalizados após a sua provação.

As autoridades italianas descreveram o "ataque brutal e bestial" como um"acto de agressão cruel" e convidaram o público a "cooperar com as forças policiais informando todos e cada um dos elementos que possam ser utilizados na investigação" ... .


O número de estrangeiros que vivem em Itália como residentes aumentou 25% entre 2012 e Janeiro de 2017, e uns surpreendentes 270% entre 2002 e 2017 - estatísticas que podem anunciar uma mudança demográfica significativa e possivelmente irreversível.



Via http://amigodeisrael.blogspot.com.br/

Nenhum comentário