Últimas

MAIS VENENO: RIO VAI RECEBER MAIS 1 MILHÃO DE DOSES EXTRAS DA VACINA CONTRA FEBRE AMARELA; NÚMERO DE CASOS PASSAM DE 400 NO BRASIL

Resultado de imagem para vacina febre amarela rj

Mais veneno para destruir a saúde e alterar o DNA do povo... mais veneno para encher o bolso dos globalistas eugenistas.
---

O Rio de Janeiro vai receber, nesta quinta-feira (15), mais 1 milhão de doses de vacinas contra a febre amarela. O quantitativo será entregue à Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ), que fará a distribuição para os municípios.

Segundo a secretaria, neste primeiro momento, a prevenção está focada em 47 municípios estratégicos. A prioridade será para imunizar a população residente ou que trabalha em áreas de mata e zonas rurais. Os demais municípios serão imunizados, de forma gradativa, até o fim deste ano. Para as ações, o Ministério da Saúde vai encaminhar as doses da vacina conforme solicitação da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.

Desde o início deste ano, o Ministério da Saúde tem enviado doses extras da vacina contra a febre amarela aos estados que estão registrando casos suspeitos da doença, além de outros localizados na divisa com áreas que tenham notificado casos.

No total, 14,95 milhões de doses extras foram enviadas para cinco estados: Minas Gerais (6,5 milhões), São Paulo (3,25 milhões), Espírito Santo (3,25 milhões), Rio de Janeiro (1,05 milhão) e Bahia (900 mil). O quantitativo é um adicional às doses de rotina do Calendário Nacional de Vacinação, enviadas mensalmente aos estados.

----

O novo boletim divulgado nesta quinta-feira (16), o Ministério da Saúde confirmou que o Brasil registrou 424 casos de febre amarela. A doença causou 137 mortes em 80 municípios, 49 deles em Minas Gerais.

Desde dezembro, no início do surto, até esta quarta-feira (15), as Secretarias de Estado da Saúde receberam 1.558 notificações - pacientes com alguns dos sintomas, mas sem uma confirmação laboratorial da presença do vírus. Destes, 933 suspeitas ainda estão sob investigação e outras 201 foram descartadas.

Entenda a diferença entre febre amarela selvagem e urbana, e saiba quem precisa se vacinar


Minas Gerais, desde o começo, é o estado mais afetado pela doença: tem 325 casos confirmados, 76,65% do número total registrado no país. Espírito Santo e São Paulo vem na sequência, com 93 e 4 registros, respectivamente.

Cercado pelos estados mais afetados, o estado o Rio de Janeiro confirmou sua primeira morte pela doença nesta quarta-feira (15). O caso foi registrado em Casemiro de Abreu, no interior.

Watila Santos, de 38 anos, estava internado no Hospital Municipal Angela Maria Simões Menezes e morreu no sábado (11). O vizinho dele, de 37 anos, que também teve o caso confirmado pela secretaria, segue internado no Hospital dos Servidores no Rio de Janeiro.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Rio, foi possível identificar resultados positivos para o vírus por meio de exames nos dois homens, moradores da área rural do município e que não possuem histórico de viagem para áreas onde há comprovação da circulação da doença.

O vírus da febre amarela que causa o atual surto no Brasil circula nas áreas rurais, silvestres e de mata, transmitido pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes. Pessoas que morem nestas regiões ou que devem viajar nos próximos meses devem receber uma dose da vacina 10 dias antes de chegar ao local.



Fonte: Portal Brasil e G1


Nenhum comentário