Últimas

BANCADA "EVANGÉLICA": MAGNO MALTA LOUVA OBAMA


Deixará saudades? Obama foi um péssimo exemplo de homem público. Ele lutou pelo aborto no mundo inteiro. Trabalhou intensamente para impor a agenda gay nos países mais fracos. Fez tudo ao seu alcance para destruir a família natural de marido e esposa.


É óbvio que Obama se parece com Lula, pois ambos sempre tiveram uma obsessão por causas socialistas como o aborto, a agenda gay, etc.

Manchete do jornal FolhaVitória de 2008 disse: “Magno Malta compara eleição de Obama à de Lula.” Na matéria, Magno disse: “As classes menos favorecidas tiveram esperança.” Na verdade, os menos favorecidos dos menos favorecidos, os bebês em gestação, perderam toda esperança com a eleição do homicida Obama, que tem sangue de milhares de bebês em suas mãos.

Em 2004, eu estava num culto da sede da Comunidade Sara Nossa Terra em Brasília, onde o pregador foi Magno Malta, que passou uma hora exaltando supostas qualidades de Lula, especialmente compaixão pelos pobres. Ora, os pobres são pessoas desprotegidas. O que Lula fez para proteger os mais pobres e indefesos, os bebês em gestação? Onde estava a compaixão dele? No governo de Lula, só vimos compaixão por Fidel Castro e criminosos como um assassino italiano que Lula recusou extraditar para a Itália.

Compaixão por assassinos não é verdadeira compaixão.

Magno acabou acordando da ilusão de Lula e tratou o caso na realidade do que é: pesadelo socialista. 

Mas por que agora ele quer fantasiar o caso de Obama, que ele sabe que é igual ao caso de Lula? Amnésia?

Vigie e ore, Magno Malta, para que você pare de se iludir com a tentação do homicida Obama! O pior homicida é aquele que massacra os mais indefesos e inocentes. Obama é tal homicida.

Além disso, com suas intervenções militares em vários países que acabaram trazendo grande perseguição e mortandade aos cristãos, Obama tem sangue cristão nas mãos. Aliás, ele fundou o ISIS, uma verdadeira máquina de matar cristãos.

Quem louva homicida, seja da ilha de Cuba ou da Casa Branca, não merece a confiança de pessoas que odeiam homicídios.

Nenhum comentário