OBAMA AMEAÇA PUTIN COM GUERRA CASO A RÚSSIA TENHA MANIPULADO AS ELEIÇÃO DOS EUA - Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar

Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar Allahu Akbar

Últimas

OBAMA AMEAÇA PUTIN COM GUERRA CASO A RÚSSIA TENHA MANIPULADO AS ELEIÇÃO DOS EUA


Barack Obama ameaçou Vladimir Putin com a guerra caso a Rússia tenha interferido na eleição dos EUA, a ameaça ocorreu durante um telefonema raro com Moscou, de acordo com relatórios.
O presidente advertiu que a América desencadearia "ações armadas" caso o líder russo tenha interferido no mês passado, na votação dos EUA, que viu Donald Trump ser eleito como o próximo presidente Norte Americano.


A ameaça vem depois que funcionários da CIA disseram acreditar que a Rússia ajudou Trump a garantir sua viagem para a Casa Branca.


Os relatórios dizem que Obama falou com Putin em setembro sobre pirataria de e-mail dos democratas na cimeira do G-20 na China.


Pelo menos um dos funcionários do presidente o aconselhou emitir uma ameaça de Guerra Total, relatou a agencia de noticia americana NBC.


Mas Obama foi contido e emitiu um aviso mais suave para o líder russo.


No entanto, Obama falou com Putin há um mês atrás usando o chamado, “telefone vermelho”, que liga diretamente Washington a Moscou. O presidente americano alertou para consequências mais fortes caso a Rússia tenha manipulado a votação das eleições.

Um oficial sênior dos EUA que não quis ser identificado, disse:
"O direito internacional, incluindo a lei de conflito armado, aplica-se a ações no ciberespaço. Vamos realizar essas normas contra a Rússia."
Foi a primeira vez que o governo Obama usou o “telefone vermelho”, que se destina a ser usado em momentos de crise.
Obama disse em uma coletiva de imprensa:


"Eu senti que a maneira mais eficaz para garantir que isso não tenha ocorrido, foi falar com ele diretamente e dizer-lhe que tudo estará OK se não foi feito, mas irá haver consequência graves caso ele tenha feito.


"Na verdade, nós não vimos ainda adulteração do processo eleitoral."


A Rússia tem repetidamente negado ter intefirido na eleição dos EUA, alegando que as acusações são absurdas.




Fonte: Daily Star e http://www.conflitoseguerras.com.br

Nenhum comentário