Últimas

PAZ? PUTIN PARABENIZA TRUMP E DIZ QUE GUERRA FRIA ACABOU - COMENTÁRIO

Durante toda a campanha eleitoral à Casa Branca, Putin e Trump trocaram elogios

De olho em Trump....

Não sei... eu sou assim mesmo... não confio em qualquer pessoa... 
na verdade só em Yeshua Ha'mashiach....
então estou um pouco desconfiado com esta "idolatria" à Trump...
não entro nessa... não fico comemorando acontecimentos políticos, só comemoro cumprimentos bíblicos, o cumprimento da vontade de Deus, e não a vitória de político A ou B, por mais que ele seja "conservador"... me perdoe quem pense diferente...

Vejam isso... Donald Trump em hebraico se escreve: דונלד טראמפ

O seu valor numérico resulta em 424 (2 x 212) ... curiosamente é o mesmo valor (424) da frase "o Messias filho de Davi", em hebraico:

משיח בן דוד

Vamos ficar atentos... não confie em homens... não confie em quem o nome quer dizer "O Messias, Filho de David"... a gente bem sabe quem se manifestará como o falso messias dos judeus...
pra mim, este embate entre direita e esquerda está mais para número circense do que qualquer outra coisa...

Paz com Putin? Um agente da KGB?
Novamente, me perdoem, mas me deixem de fora dessa...

Marcos Goes
---

Segue a notícia:

Maior adversário dos Estados Unidos até esta terça-feira (8), o presidente russo, Vladimir Putin, parabenizou na manhã desta quarta-feira (9) o magnata republicano Donald Trump por sua eleição à Casa Branca. Em pronunciamento que já era esperado, pois Putin explicitamente torcia para Trump derrotar a democrata Hillary Clinton, o líder russo comentou "que as relações entre o seu país e os Estados Unidos poderão sair da crise".

Putin enviou um telegrama a Trump, que foi eleito o 45º presidente dos Estados Unidos na madrugada de hoje, com 18 delegados no colégio eleitoral a mais do que o necessário para assumir a Casa Branca. O russo afirmou "estar seguro no diálogo entre Moscou e Washington, que deve se basear no respeito recíproco, atendendo aos interesses dos dois países", divulgou o Kremlin. Os Estados Unidos e a Rússia são os maiores adversários políticos no cenário internacional, em um conflito ideológico e de interesses que perdura desde a Guerra Fria (1945-1991).

Durante toda a campanha eleitoral à Casa Branca, Putin e Trump trocaram elogios. "Ele representa os interesses das pessoas comuns, que criticam aqueles que estão há anos no poder, gente a quem não agrada a transferência do poder por herança", disse Putin meses atrás, em uma clara referência à Hillary, mulher do ex-presidente Bill Clinton.


A candidata democrata chegou a acusar hackers russos de cometer ciberataques e vazar documentos sigilosos.

A Duma, que compõe o Parlamento russo, recebeu com aplausos a notícia da eleição de Trump. “As atuais relações russo-americanas não podem ser chamadas de amigáveis. Esperamos que se possa instaurar um diálogo mais construtitvo entre os dois países após a posse do novo presidente”, comentou o líder da Câmara Baixa russa, Vyacheslav Volodin.

“A Rússia terá um posto central na nova administração norte-americana”, disse o ex-embaixador de Moscou em Washington John Teff.
Resultados das eleições

Após uma votação bastante acirrada, o empresário Donald Trump, do Partido Republicano, conquistou na madrugada desta quarta as eleições presidenciais nos Estados Unidos com 288 votos. O novo presidente dos Estados Unidos venceu a disputa em 27 Estados. Sua adversária Hillary Clinton, do Partido Democrata, levou a melhor em apenas 19 Estados, com 215 votos.

* Com informações da Agência Ansa.

Via: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2016-11-0

Nenhum comentário