Últimas

DEPUTADO PEDE QUE TEMER "LARGUE O SATANISMO E A MAÇONARIA"

Resultado de imagem para Cabo Daciolo michel temer

Cabo Daciolo voltou a ler a Bíblia na tribuna do Congresso

Em discurso na Câmara dos Deputados esta semana, o deputado federal Cabo Daciolo (PTdoB/RJ) voltou a usar a Bíblia e fez um apelo ao presidente da República. Ele pediu que Michel Temer “abandone a maçonaria, abandone o satanismo” e venha “correndo para Deus”.

Como lhe é peculiar, o parlamentar começou pedindo orações pelo país e por sua vida. Foi enfático nas suas declarações, mas frisou que não estava pregando religião. “A única religião que Deus considera como pura e imaculada é cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se corromper com esse mundo. Não estou falando de religião nenhuma. Estou falando de Jesus Cristo, aquele que é o caminho, a verdade e a vida”, assegurou aos seus pares.

Depois, leu um trecho de Mateus 21: 22, explicando que está pedindo que Deus intervenha no país. Na sequência, deu um recado para Michel Temer: “Assim manda dizer o Senhor para ti. Presta atenção ao que está sendo dito aqui agora: abandone a maçonaria, abandone o satanismo e vem correndo para Deus. Vem correndo para Jesus Cristo. Arrependa-se dos seus pecados e vem correndo para Jesus Cristo”.

Sem citar outros nomes, na sequência dirigiu-se “a algumas lideranças do mundo espiritual religioso do nosso País”. Bradou então que “Deus e religião não combinam! Assim como Deus e maçonaria não combinam! Deus e satanismo não combinam! Arrependam-se e vivam!”

O deputado carioca acredita ter um papel profético no Congresso, e que seu mandato foi dado por Deus. “Dois anos atrás recebi profecia que deveria abrir a minha boca e falar de Deus [no Congresso] para honra e Glória do Senhor Jesus Cristo”, afirmou ao Gospel Prime no início do ano.

Disse ainda que em Brasília, “tem pessoas que adoram e buscam a Satanás”. Ele acredita que vivemos uma verdadeira “guerra espiritual” no país, mas que essa “realidade espiritual não é compreendida”. Mesmo criticado por suas posturas, diz: “as coisas que eu faço são para Deus. O julgamento do homem para mim não importa”.

Assista:



Por Jarbas Aragão - Gospel Prime

Nenhum comentário