Últimas

REFLEXÃO SOBRE O JUÍZO DA GERAÇÃO DA VOLTA DO SENHOR


Vou compartilhar novamente uma meditação minha, ela está relacionada à última geração que irá presenciar os eventos do fim desta era, antes da próxima conforme os relatos bíblicos, e ao juízo relacionado a essa época.

Observando a nossa geração e o que ocorre nos dias atuais é natural você perceber que estamos fora dos caminhos do Eterno, exceto aos que pertencem ativamente da verdadeira igreja do Senhor, número este que não se tem como saber. Pensando nisso, eu me questionei sobre os juízos que a última geração antes da vinda do Senhor (que talvez seja a nossa), acabará por sofrer e por que tamanha severidade? Afinal serão eventos terríveis, nunca antes vistos até aqui, como está relatado nas Escrituras.

A resposta veio imediatamente ao meu coração: ... esta geração, comparada às anteriores, nunca teve tanto acesso à informação e às evidências como tem hoje e, mesmo assim, eles não se arrependem e, mesmo grande parte dos ditos cristãos, permanecem indiferentes, alienados e egocêntricos.

Lembrei da passagem de Jonas 4:11, onde bastou um profeta ir à Nínive, mesmo que empurrado, para pregar o arrependimento ao povo e estes se converteram e mudaram os seus caminhos, baseados apenas na pregação de um único homem de Deus.

Também lembrei do texto em Mateus 10:5-15, onde Jesus ao instruir os seus discípulos para pregarem às cidades, alertou no fim que haveria menos rigor com Sodoma e Gomorra no dia do Juízo do que com a cidade que não recebesse a mensagem do evangelho pelos discípulos.

Bastou isso para inferir que hoje, com o volume de informação existente no mundo e a possibilidade de acesso ao evangelho, o qual está disponível até mesmo pelo celular através da Internet e, mesmo assim, o povo em geral (sempre há exceções), preferem buscar as coisas que não lhes acrescentam ou que não agradam ao SENHOR. É só observar o Facebook, até mesmo daqueles que se autodenominam cristãos, para perceber o porquê da apatia e da indiferença ao que ocorre em nosso tempo e ao verdadeiro caminho definido pelo Altíssimo.

As profecias e as suas evidências são, por si mesmas, acusadoras destes que se portam como se as mesmas não existissem ou não estivessem se cumprindo. Com isso, não foi difícil perceber o porquê de tamanho Juízo para a geração que irá presenciar os eventos da volta do Senhor e o tamanho de sua severidade.

Quem tem ouvidos, ouça a voz do Espírito!

Por Dionei Vieira - http://dcvcorp.com.br/

Nenhum comentário