Últimas

COI FARÁ RECLAMAÇÃO POR FAIXA "100% JESUS" DE NEYMAR NO PÓDIO; E O QUE JESUS TEM A VER COM ISSO?


O jogador Neymar foi criticado pelo Comitê Olímpico por usar uma faixa escrita “100% JESUS.” O mesmo Comitê Olímpico não criticou o encerramento das Olimpíadas e seu destaque às mães-de-santo e uma glorificação descarada das religiões afro-brasileiras. Os cristãos gritam que isso é discriminação. Mas o que eles querem? Eles querem que o mesmo respeito e consideração dados aos demônios sejam igualmente dados a Jesus? Eles querem que Jesus seja igualado aos demônios? Na democracia de igualdade, quer gostem ou não, Jesus não é melhor do que um orixá ou Satanás. Muitos podem achar que a luta pela igualdade legal é útil, mas não glorifica Jesus, e glorificar Jesus é a missão mais importante do cristão. A missão do cristão não é lutar para que Jesus tenha, na democracia, o mesmo valor de Satanás e os orixás. Quer as leis reconheçam isso ou não, Jesus está acima dos orixás e de Satanás, que são criaturas caídas condenadas ao inferno. Jesus não é criatura. Ele é o Criador e Senhor. É blasfêmia concordar com leis que igualam criaturas caídas com o Senhor que cria, salva e transforma.
---

Na festa após a conquista da inédita e tão esperada medalha de ouro pelo futebol brasileiro, uma coisa chamou mais a atenção de dirigentes do Comitê Olímpico Internacional (COI) do que a felicidade da torcida e dos jogadores da Seleção: a faixa religiosa que Neymar ostentava na cabeça durante a cerimônia de premiação.

O adereço com os dizeres "100% Jesus" fere o regulamento do COI, que não permite manifestações de cunho comercial, político ou religioso nos pódios olímpicos. Em virtude disso, o Comitê prometeu enviar uma carta de reclamação à missão brasileira, segundo o Estadão . Apesar disso, nenhuma punição está prevista tanto para o atleta como para a delegação nacional.



Neymar com a faixa no pódio olímpico após a conquista do ouro inéditoFoto: EFE

Para a entidade, a atitude de Neymar ao usar a faixa foi apenas um deslize cometido pelo jogador e demais membros da seleção que não o alertaram para o descumprimento da regra. Ainda segundo o jornal, o COI também acredita que uma sanção mancharia a medalha de ouro conquistada pela Seleção, o que não é a intenção do Comitê.

A "vista grossa" feita pelo COI no caso de Neymar é mais um momento em que a entidade abriu mão de seu rigor contra mensagens consideradas alheias ao esporte durante os Jogos do Rio. Desde o início das Olimpíadas, a organização vem aceitando as mensagens políticas e religiosas de torcedores nas arenas olímpicas, algo comumente proibido pelo Comitê em suas competições. A Justiça brasileira foi responsável pela decisão de permitir o pleno exercício da liberdade de expressão pelo público nas praças esportivas.



Via Terra

2 comentários

Unknown disse...

mas a macumba que fizeram no encerramento não é apologia a religião? cantar musicas a deuses deles não tem problemas, so ao nosso.

ta certo

Usuário - Portaria disse...

Doa onde doer JESUS CRISTO É O SENHOR. satanás com inveja de ver desde o inicio pra todo sempre esse nome ser exaltado, manda os seus anjos malignos tentarem ofuscar esse nome poderoso. GLORIA A TI JESUS CRISTO TODO PODEROSO.