Últimas

ATENTADOS NA FRANÇA: NETANYAHU AVISOU, MAS A ESQUERDA ANTI-SEMITA IGNOROU


Uma das coisas mais intrigantes de se notar, durante a ressaca de um atentado terrorista, é a reação daqueles que criaram o ambiente em que tal se tornou possível.

É muito comum ver a esquerda mundial atacar Israel, e não os terroristas, pelos atentados que ocorrem em seu território. Israel então tem que se defender dos atentados e da mídia mundial.

*Inclusive a esquerda anti-semita e os incautos desinformados costumam atacar Israel usando a farsa de que o povo judeu não é o verdadeiro povo israelita, atacam os sionistas, como fosse uma "raça de répteis que dominam o mundo" (e pior que eles acreditam mesmo), sendo que na verdade, o sionismo é apenas o nome do movimento nacionalista de Israel (qualquer judeu patriota é um sionista)... esta mentira, que depois serviu de justificativa para as atrocidades dos nazistas de Adolf Hitler e os bolcheviques, foi criada pela "Okhrana", a polícia secreta russa, através do livro O Protocolo dos Sábios de Sião. (Confira aqui mais detalhes)
---

Há mais de um ano Benjamin Netanyahu - בנימין נתניהו concedia uma entrevista em que avisou a França da possibilidade desses atentados migrarem para lá, por causa da falta de equilíbrio moral que estava tomando o país.

Não muito tempo depois essa onda começou, e hoje vemos o triste resultado.

Observe a surpresa da jornalista quando Netanyahu fez seu aviso...

Muitos apontam o dedo, mas poucos mostram vias concretas para combater tão nefasto fenómeno. Após perguntarem, Alexandre Borges faz algumas sugestões:

"Não é preciso mágica, apenas bom senso:
1. Controlar imigração em usando inteligência e não ideologia barata
2. Intervir nos países que exportam terrorismo e refugiados em massa
3. Lembrar a todos os ocidentais diariamente o valor da civilização que construíram
4. Cobrar dos países árabes ricos que estabilizem a região sob pena de sanções econômicas imediatas
5. Deixar claro que a Lei da Sharia nunca, em hipótese alguma, será aceita nas democracias seculares ocidentais. Emigrar para o Ocidente exige o respeito total ao nosso arcabouço jurídico."

Confira o vídeo:


Tradução: Erick Lima
Revisão: Jonatas

Visite: tradutoresdedireita.org

Agradecimentos: Alexandre Borges

Vídeo original:https://www.facebook.com/israeladvocacymovement/videos/1102795066471502/

Nenhum comentário