Últimas

RÚSSIA DIZ QUE VAI INTERFERIR EM "GOLPE" NO BRASIL


A Rússia está disposta a ajudar a América Latina afirmar-se contra as intervenções dos EUA em assuntos políticos, disse o vice-chanceler Sergei Ryabkov segunda-feira.

“Estamos vendo uma nova intensificação da política externa dos EUA na região, até mesmo para dirigir as tentativas de interferir nos assuntos internos dos Estados da região”, disse ele em entrevista à RIA Novosti.

“Decidir qual a política externa de escolha é um direito soberano e até mesmo a obrigação do Estado.” Rybakov disse que uma solução deve ser política e regional, mas não deve excluir a cooperação diplomática com aliados como a Rússia, que iria “estabelecer uma interação construtiva com os representantes autorizados de todos os segmentos das forças políticas na região.”

“É claro que há uma mudança significativa na preferência política não só para o centro, mas também para a direita, para a mais neoliberal”, acrescentou.

“Argentina , Brasil e Venezuela são apenas os exemplos mais óbvios.”

O chanceler referia-se às recentes mudanças nas presidências e maiorias parlamentares que tenham provocado o deslocamento de governos de esquerda em favor de norte-americanos. Brasil tem atraído a última controvérsia, com uma votação no Senado na semana passada para iniciar um processo de impeachment contra o presidente Dilma Rousseff considerado um golpe de Estado parlamentar pelos brasileiros, organismos regionais e governos de esquerda da mesma forma.

Ryabkov assegurou que a Rússia está a seguir de perto os desenvolvimentos políticos e iria oferecer uma mão para todos dispostos a levá-la.

Via http://plantaobrasil.net/

Nenhum comentário