Últimas

PAPA DIZ QUE "CRISTÃOS DEVEM PEDIR PERDÃO A GAYS"


Perdão? Nós que temos que pedir perdão por eles serem estas aberrações? Porque ele não manda DEUS pedir perdão aos gays por condenar esta prática, ou será que ele esqueceu que os efeminados não herdarão o Reino dos céus? (I Coríntios 6:10). A escolha foi deles. O homossexualismo é um comportamento que depende de uma escolha. Não é natural. Não existe gene gay. Ninguém pode forçar alguém a ser gay. Só existe homem ou mulher, macho ou fêmea.Eles que deviam, diante de Deus, se arrepender de suas imoralidades e pedir perdão à toda sociedade pelo desrespeito e agressões cometidas nas paradas gays, e até na imposição da doutrinação na educação infantil.
Na verdade também, faz tempo que Francisco tem trabalhado como agente de satanás, para alinhar os católicos e demais cristãos simpatizantes do papado, ao politicamente correto da agenda globalista liberal LGBT.
---

O papa Francisco fez mais uma declaração de impacto neste domingo (26). Para ele, a Igreja Católica Romana e os cristãos em geral devem pedir o perdão de homossexuais pela forma como os trataram no passado.

Falando a jornalistas, asseverou que o pedido de perdão da Igreja devia ser feito “aos pobres, bem como às mulheres que foram exploradas, às crianças que foram exploradas por trabalho (forçado). Deve pedir desculpas por ter abençoado tantas armas”.

A bordo de um avião, retornando a Roma após visita histórica à Armênia, Francisco foi questionado durante uma hora sobre diversos assuntos. Perguntado se concordava com os comentários de um cardeal alemão sobre a Igreja pedir desculpas aos gays, ele assegurou que sim.

Ao ser lembrando da morte de 49 pessoas em uma boate gay em Orlando, na Flórida, neste mês, o pontífice lembrou os ensinamentos da Igreja em que os homossexuais “não devem ser discriminados. Eles devem ser respeitados, acompanhados pastoralmente.”
Tema recorrente

Em 2013, ela já havia dito que não se pode julgar as pessoas por sua orientação sexual nem deseja ver a perseguição dos gays dentro da Igreja Católica.

Meses depois, após o encerramento da Jornada Mundial da Juventude, no Brasil, Francisco questionou: “Se um gay busca Deus, quem sou eu para julgar? ‘Quando Deus olha para um gay, ele confirma a existência dessa pessoa com amor, ou rejeita e condena esta pessoa?’ Nós devemos sempre considerar esta pessoa. Aqui entramos no mistério da humanidade”. Com informações de MSN

Por Jarbas Aragão - Gospel Prime

Nenhum comentário