Últimas

HAARP SÉRVIO GERA DEPRESSÃO


Rumores sobre escudo antinuclear paralisam Europa Central.

No site oficial da comunidade acadêmica croata na diáspora foi publicado um texto dum tal de Zdenko Tibold, em que o autor assegura que a Sérvia, através da transmissão de ondas eletromagnéticas, "torna loucos os cidadãos da Croácia e da Bósnia-Herzegovina, força os jovens para deixar o país, bem como causa depressão em geral, promove o ódio e a falta de tolerância".

O artigo também informa que as ondas eletromagnéticas afetam as decisões do Tribunal Constitucional e que a Sérvia usa em todo o mundo uma tecnologia da EEG clonagem para assumir o controle das mentes das pessoas.

O autor acredita que a Sérvia é, portanto, capaz de causar a deflagração de doenças fatais e provocar um êxodo em massa de determinadas áreas, a fim de limpar completamente a Terra da população não-sérvia. Além disso, a Sérvia, de acordo com os desenhos de Nikola Tesla, está se preparando para criar um escudo que é imune a todos os tipos conhecidos de armas nucleares ou biológicas.

Comentando estes estudos científicos à Sputnik, o presidente do Movimento Ecológico sérvio Novi Sad, Nikola Aleksic, disse que há uma teoria, segundo a qual existe uma antena HAARP no território da Sérvia, mas o governo, mesmo teoricamente, não pode de qualquer modo redirecioná-la para um estado vizinho e afetar assim o psiquismo dos croatas.

Mas Aleksic julga que o HAARP tem um impacto negativo no psiquismo, além disso, ele chamou a atenção para o fato de que as mudanças climáticas no planeta não ocorrem naturalmente e que há razões para acreditar que elas, também, podem ser provocadas por certos instrumentos.

O projeto HAARP (High Frequency Active Auroral Research Program; em português: Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) é uma investigação financiada pelos EUA a fim de "entender, simular e controlar os processos ionosféricos que poderiam mudar o funcionamento das comunicações e sistemas de vigilância".

O projeto se iniciou em 1993. Existem especulações de que o projeto HAARP seria uma arma dos Estados Unidos, capaz de controlar o clima provocando inundações e outras catástrofes. Em 2002, o Parlamento Russo apresentou ao presidente Vladimir Putin um relatório, assinado por 90 deputados dos comitês de Relações Internacionais e de Defesa, onde se lê que o Projeto HAARP é uma nova "arma geofísica", capaz de manipular a baixa atmosfera terrestre.

Fonte: Sputnik.

Nenhum comentário