Últimas

CONTRIBUINTES NORTE-AMERICANOS ESTÃO FINANCIANDO A EXPANSÃO MILITAR DO IRÃ


Um dos resultados inesperados [?!?!] da nova abertura do presidente Barack Obama para o Irã é que os contribuintes norte-americanos estão agora financiando ambos os lados da corrida armamentista no Oriente Médio. Os EUA está deliberadamente subsidiando os gastos com defesa para aliados como o Egito e Israel. Agora os EUA está inadvertidamente [?!?!] pagando por alguns dos gastos militares do Irã também.

Tudo começa com US$ 1,7 bilhões do Tesouro dos EUA ligado ao Banco Central do Irã em janeiro, durante uma troca de prisioneiros delicada e a implementação do acordo nuclear no verão passado para resolver uma disputa de longa data sobre a compra de armas do Irã antes da revolução de 1979.

Há meses que não estava claro o que o governo do Irã faria com esse dinheiro. Mas no mês passado o mistério foi resolvido quando o Conselho Guardião do Irã aprovou o orçamento do governo para 2017 que instruiu o Banco Central do Irã para transferir os US$ 1,7 bilhões para os militares.

Republicanos e alguns democratas que se opunham ao acordo nuclear de Obama argumentavam que o fim de algumas sanções ajudariam a financiar a expansão militar do Irã. Mas, pelo menos, isso já era dinheiro do Irã (embora congelados em contas bancárias no exterior). Os US$ 1,7 bilhão do Tesouro transferidos para o Irã em janeiro é diferente.

Mais detalhes no artigo compartilhado…
http://www.bloomberg.com/view/articles/2016-06-09/u-s-taxpayers-are-funding-iran-s-military-expansion

Via Dionei Vieira

Nenhum comentário