Últimas

FEIOS, SUJOS E MALVADOS: COMO SE TORNAR IRRELEVANTE COM ALGUMAS BICADAS


Li o texto do Reinaldo Azevedo, e ao final notei que apesar das minhas divergências com o Olavo, não poderia concordar com as afirmações feitas ali.

Na verdade, Reinaldo perdeu serventia pra mim há muito tempo. Só dá chiliques, é muito prepotente... fala besteiras... um dia disse que "homem de barba não presta"... delinquente! como se barba definisse caráter... A cada dia ele tem claramente se mostrado um péssimo agente do socialismo fabiano, do Diálogo Interamericano (o Foro de São Paulo versão tucana)... falso conservador perseguidor de cristãos!

O que Reinaldo Azevedo faz é o trabalho de um legítimo delinquente intelectual ideologicamente uniformizado, assim como faz a esgotosfera petista... e como eu disse, embora muitos já conhecem meus desacordos com Olavo de Carvalho, principalmente na área espiritual-teológica, é na crítica à Reinaldo que desejo me focar, então, não poderia deixar de replicar o texto abaixo do Site Crítica Nacional, que traduz bastante minha opinião.

---

...Reinaldo Azevedo iniciou nessa terça uma coluna em que mais uma vez desfere todo tipo de ataque à direita nas figuras de Olavo de Carvalho e de Jair Bolsonaro. Ataques cujo linguajar e conteúdo mentiroso e desonesto em nada se distinguem daqueles que seriam feitos por um Guilherme Boulos, Wladimir Safatle ou Leonardo Sakamoto, que ao que tudo indica são os verdadeiros companheiros de armas e de ideais do conservador fake, que já afirmou reconhecer determinadas virtudes no trotskysmo.

Reinaldo Azevedo está mostrando em doses pequenas e letais, e sempre por meio de algumas bicadas, como ir se tornando irrelevante pouco a pouco, enquanto tenta não perder o aspecto viçoso da plumagem. Seu comportamento revela a angústia de quem se deu conta de que a realidade não seguiu o script elaborado a quatro mãos por tucanos e petistas há mais de duas décadas.

E essa realidade fora do script sinaliza que em 2018 a disputa de poder se dará entre a direita com Jair Bolsonaro e o centro com uma candidatura do governo Temer. Aos tucanos restará o risco de correr por fora ou se contentar com o papel de coadjuvante do centro, enquanto a esquerda disputará cabeça a cabeça com os nanicos. Elaboramos essa projeção em mais detalhes nesse artigo aqui. É esse pano de fundo que explica a canalhice intelectual do colunista que por anos a fio enganou milhares de leitores com sua retórica empostada de conservador fake. Mas que agora não engana mais ninguém.

Fonte: https://criticanacional.wordpress.com

Nenhum comentário