Últimas

COCA-COLA SUSPENDE PRODUÇÃO NA VENEZUELA POR FALTA DE AÇÚCAR


A grave situação de desabastecimento que atinge a economia venezuelana está obrigando as grandes multinacionais a ajustarem suas operações, a ponto de a engarrafadora daCoca-Cola suspender a produção do famoso refrigerante por falta de açúcar. Ela segue assim os passos das Empresas Polar, que no mês passado precisaram interromper a produção de cerveja por falta de matéria-prima.

A engarrafadora da sociedade com sede em Atlanta não esclarece quando poderá retomar a produção da Coca-Cola clássica na Venezuela. A situação no país vai de mal a pior, e a penúria econômica está afetando também as importações de produtos básicos necessários para a produção de bebidas e alimentos. Na semana passada, a companhia estatal venezuelana encarregada de processar o açúcar paralisou temporariamente a sua produção.

A Coca-Cola FEMSA é a maior engarrafadora da companhia no mundo, com fábricas em vários países latino-americanos, como Brasil, México, Colômbia e Argentina. A sócia da corporação norte-americana diz que 90% da produção do refrigerante de cola exige açúcar, e que por isso foi necessário paralisar as operações para esse produto. A empresa disse que não pretende abandonar o país.

Agora, a Coca-Cola procura alternativas para obter o açúcar refinado. A paralisação não afeta às bebidas sem açúcar, e a sede administrativa da empresa na Venezuela também funciona normalmente.

Além do desabastecimento, as multinacionais enfrentam problemas decorrentes da contínua desvalorização da moeda venezuelana, o que se reflete nos resultados da PepsiCo, General Motors e Ford Motor, entre outras.

Via: El País

Nenhum comentário