Últimas

SARA WINTER TEM PALESTRA CANCELADA A PEDIDO DE FEMINISTAS, MAS INSISTE: "QUERO ORAR POR ELAS"

Sara Winter liderou por anos o movimento 'Femen' no Brasil e chegou a participar de protestos do grupo no exterior. Atualmente se posiciona contra o aborto e afirma que tem sofrido ameaças e agressões verbais do movimento feminista. (Imagem: G1)

Ex-líder do movimento 'Femen' e atual militante pró-vida, a palestrante e escritora Sara Winter afirma que está sendo alvo do ódio do movimento feminista, após ter uma de suas palestras canceladas na PUC Rio (RJ).

Falando com exclusividade ao Guiame, a ex-feminista que viralizou na web e chegou a tornar-se pauta internacional - após pedir desculpas a todos os cristãos por seus exageros enquanto liderava o grupo 'Femen' - explicou que o convite surgiu por parte do Diretório Acadêmico da Universidade, com a intenção de que ela apresentasse um contraponto sobre o aborto, após já ter sido realizado anteriormente, um evento em prol da legalização da prática.

"O DCE da PUC resolveu me chamar para fazer um contraponto, argumentar com relação ao aborto e falar um pouco sobre a cultura pró-vida - que é a minha prioridade atualmente, a minha grande pauta, após a minha conversão".

"Estava tudo certo, a passagem já estava comprada, mas uma das meninas me falou que não seria mais possível promover a palestra, porque elas temiam pela minha segurança. Ela me informou que as feministas estavam pressionando muito e a Reitoria achou melhor, em nome da minha segurança, que não se realizasse mais o evento".

Segundo uma postagem feita pela página oficial do DCE da PUC Rio no Facebook, a iniciativa de convidar Sara Winter para ministrar uma palestra sobre o aborto "foi um erro".

"Infelizmente, por uma falha de comunicação na gestão, o evento foi lançado sem as devidas precauções: consenso interno e autorização da diretoria acadêmica e Diretoria de Diversidade", diz parte do comunicado.

Via: http://guiame.com.br/

Nenhum comentário