Últimas

CGADB (ASSEMBLEIA DE DEUS) TEM CONTAS BLOQUEADAS PELA JUSTIÇA; DÍVIDAS CHEGAM A 9 MILHÕES DE REAIS


É isso mesmo que eu digo: Como combater a corrupção se estão envolvidos nela? Como pregar contra a corrupção se estão comprometidos com ela? 

Não poderíamos esperar muita coisa deste sistema evangélico onde seus líderes ocupam as maiores cadeiras da Maçonaria, e apoia um governo corrupto de ideologia totalmente anticristã...
---

A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) teve suas contas bloqueadas pela falta de pagamento de R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reais) referente a multas acumuladas.

A intimação foi publicada em nome do pastor presidente da CGADB, José Welligton Bezerra da Costa, no dia 3 de março deste ano pelo juiz da 1ª. Vara Cível e Acidentes do Trabalho de Manaus, José Renier da Silva Guimarães.

O documento dava 15 dias para a Convenção efetuasse o pagamento das multas, como isso não aconteceu, no dia 19 de abril as contas da CGADB foram bloqueadas.

A decisão partiu da Juíza de Direito da 1ª Vara Cível de Acidentes de Trabalho do Estado do Amazonas, Dra. Joana dos Santos Meireles.

O jornal JM Notícias apurou que há um acordo para o pagamento da multa entre o pastor Samuel Câmara, e a liderança da CGADB, pois as multas estão ligadas ao descumprimento judicial referentes a 41ª AGO (Assembleia Geral Ordinária) realizada em Brasília (DF) no ano de 2013.

O pastor Samuel Câmara entrou com um processo exigindo que a CGADB apresentasse o comprovante de pagamento dos convencionais inscritos que votariam na eleição para presidente da Convenção.

O pedido foi negado e a Justiça do Estado do Amazonas, determinou multa diária no valor de R$ 50 mil reais. Por ignorar o pedido da Justiça, a CGADB acumulou essa dívida que agora é cobrada com o bloqueio das contas.

Nenhum comentário