Últimas

À CNN, DILMA SOFRE PERGUNTA ARRASADORA E AINDA FINGE AMNÉSIA


Os remédios estão vencidos, Dilma? Pois ela entrou na fase de só passar vergonha. Como lemos no Radar Online, em entrevista à CNN, ela tomou uma pergunta humilhante:

Dilma Rousseff não enfrentou tempo fácil na entrevista com a bam-bam-bam da CNN, Christiane Amanpour, gravada hoje e que vai ao ar na quinta-feira.

Uma amostra da conversa, divulgada no Twitter da repórter, mostra a presidente contra a parede. A pergunta, por si, é um cruzado de direita:

“Não há jeito fácil de fazer a pergunta: a senhora foi considerada uma das piores líderes do mundo, sua popularidade hoje está abaixo de 10% – e isso é muito, muito baixo –, o impeachment passou no Congresso por uma maioria ampla que surpreendeu até mesmo seus apoiadores, você não parece ter muitos amigos no Congresso. Você acha que vai sobreviver ao impeachment no Senado?”

Como se lê no G1, a resposta foi essa miséria:

“No Brasil, um país com sistema presidencialista, assim como os Estados Unidos, ninguém pode ser levado a um processo de impeachment por impopularidade porque impopularidade é cíclica. Todos os presidentes ou primeiros-ministros da Europa que tiveram taxas de desemprego de 20% teriam que sofrer processo de impeachment porque também tiveram profundas quedas na popularidade”.

É sinal claro de amnésia, provavelmente fingida, já que Dilma está sendo impichada por crime de responsabilidade, não por baixa popularidade.

A jornalista ainda emendou: “Eu entendo o que você está dizendo, mas você acha que vai sobreviver?”

Parece que o jogo de cena tentado por Dilma no exterior gerou efeito reverso. Era previsível.

Que situação, que situação…

Via lucianoayan.com

Nenhum comentário