Últimas

NAÇÕES UNIDAS DECLARA ILHAS FALKLAND TERRITÓRIO DA ARGENTINA?


Essa ONU é tão bolivariana, porque não transferem a sede para Cochabamba?
---

Um golpe para o governo britânico, sofrendo com incursões de política externa desastrosa no Afeganistão, Iraque, Síria e Líbia, a Comissão das Nações Unidas sobre os Limites da Plataforma Continental tem do lado de Argentina, "ratificar Relatório de 2009 do país" estender o limite de seu território para incluir as Ilhas Falkland, relata o Guardian. (1)

"A conclusão da Comissão das Nações Unidas incluiu a ressalva de que há uma disputa diplomática não resolvida entre Argentina e Grã-Bretanha sobre as ilhas."

Grã-Bretanha é responsável pela defesa das Malvinas e das Relações Exteriores.

"Esta é uma ocasião histórica para a Argentina, porque fizemos um grande salto na demarcação do limite exterior da nossa plataforma continental", disse a chanceler argentina, Susana Malcorra. "Isso reafirma nossos direitos de soberania sobre os recursos de nossa plataforma continental."

Os "recursos" que agora se tornam potencialmente Argentina de incluir uma grande quantidade de óleo.

No dia 2 de abril de 1982, a Grã-Bretanha, sob a liderança de grande herói do primeiro-ministro David Cameron, Margaret Thatcher, embarcou em um conflito 74 dias com a Argentina sobre a soberania das Malvinas, Geórgia do Sul e Sandwich do Sul, que se encontram fora da costa Argentina. Os conflitos terminaram no dia 14 de junho de 1982, com a perda de 649 militares argentinos e 255 britânicos.

Até agora não houve nenhum comentário por parte do governo britânico.

Dado o lugar de David Cameron em um atoleiro internacional esmagadora, a bagunça que ele está em cima de referendo desnecessário em junho e irresponsável iminente que ele chamou através da associação britânica da UE, parece que ele não seria susceptível de embarcar em uma falência de assalto por terra ,mar e ar a 8.002 milhas de distância. No entanto, suas reações empurrão de joelho e julgamento nunca falho são tais, que todas as opções são possíveis.


notas:

http://www.theguardian.com/uk-news/2016/mar/29/falkland-islands-argentina

Nenhum comentário