Últimas

MAIS UM CRIME: DILMA ROUSSEFF FRAUDOU O DIÁRIO OFICIAL NA NOMEAÇÃO DE LULA QUE ELA NÃO TINHA ASSINADO

A imprensa a Imprensa Nacional publicou Diário da Oficial da União em Edição Extra as 18:33:46 , em Edição Extra a nomeação de Luis Inácio Lula da Silva como Ministro da Casa Civil que é denunciado pelo Ministério Publico de São Paulo, réu no processo do Mensalão junto com Almir Lando no TRF1 e também investigado na Operação Lava Jato.

Conforme nota pública do Palácio do Planalto Quarta-feira, 16 de março de 2016 às 23:58 a presidente Dilma Rousseff não tinha assinado o termo de posse. Portanto fraudou o Diário Oficial. http://blog.planalto.gov.br/nota-a-imprensa-37/



Termo de Posse SEM ASSINATURA da Presidente que confirma a fraude ao Diário Oficial. E sem constar o Decreto que o teria nomeado, ficando clara fraude e afronta a Constituição Federal.





No Diário Oficial. o Decreto 16 de marco de 2016, não consta numeração do Decreto também. Até por que Dilma Rousseff não despachou com Jaques Wagner após as 10 horas da manhã. Dilma pode apresentar um decreto assinado hoje, porém no momento do envio ao Diário Oficial estava sem assinatura. O Termo de Posse assinado sem assinatura dela ou decreto sem numeração e sem assinatura é prova que teve má fé.

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1000&pagina=1&data=16/03/2016


Observe que o ultimo decreto registrado no Palacio do Planato é o numero 8.691 de 14 de marco de 2016, o decreto de numero 8.692 e em diante nao existem.
Decreto 8691/2016
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Decreto/D8691.htm

Decreto 8692/2016 nao existe
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Decreto/D8692.htm


O PSB ja informou que vai requerer o cancelamento do termo de posse e da publicacao de Decreto fraudado que teria a principio dado o cargo de Ministro de Estado a Lula, o deputado Julio Delgado (PSB-MG) anunciou que a bancada do partido na Câmara dos Deputados vai pedir amanhã o cancelamento do termo de posse e do Decreto não numerado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil.

Via: http://vetorm.com/?p=2341

Nenhum comentário