Últimas

LANÇAMENTO DE FOGUETE NA COREIA DO NORTE PROVOCA REAÇÃO MUNDIAL


A Coreia do Norte comemorou, nesta segunda-feira (8), com uma queima fogos de artifício, o lançamento de um foguete. Segundo o país, o foguete colocou um satélite na órbita da Terra. Já o Ocidente suspeita que a Coreia do Norte, na verdade, esteja fazendo testes com mísseis balísticos. O lançamento provocou reações por todo o mundo.

A Coreia do Norte liberou fotos do foguete seguindo para o espaço, na manhã de domingo (7) na Ásia. Uma câmera da TV japonesa registrou um rastro no céu. A rota havia sido divulgada pelos norte-coreanos: saindo do noroeste do pais, indo para o sul, passando por cima de ilhas que pertencem ao Japão.

No mesmo dia, o Conselho de Segurança da ONU, em uma reunião de emergência, em Nova York, condenou veementemente a ação da Coreia do Norte. "Ninguém está enganado: Pyongyang diz que é para para botar um satélite em órbita, mas sabemos que esse tipo de foguete tem a mesma tecnologia de mísseis balísticos", disse Samantha Power, embaixadora dos Estados Unidos junto à ONU.

O país mais fechado do mundo já vive sob sanções impostas pelo Conselho de Segurança para tentar impedir a continuidade dos programas nuclear e de mísseis, mas analistas militares que conhecem o arsenal norte-coreano dizem que o foguete se mostrou mais rápido e com um alcance maior.

A Coreia do Sul anunciou a instalação de novos mísseis de defesa e o Japão também fortalece as suas tropas. Os dois países querem novas punições à Coreia do Norte, mas a ONU ainda não anunciou novas sanções.

A China, mais cautelosa, pediu apenas calma. Os chineses, únicos aliados de Kim Jong-un, não querem desestabilizar o poder na Coreia do Norte. Os vizinhos têm bombas nucleares e uma população que poderia buscar refúgio na China.

Via: G1

Nenhum comentário