Últimas

"JOGO DE ESTUPRO" ÁRABE CHAMADO "TAHARRUSH" VIRA MANIA NA EUROPA. EIS AÍ O RESULTADO DO MULTICULTURALISMO! (VÍDEO COM IMAGENS FORTES)


Eis aí o resultado do "multiculturalismo politicamente correto" promovido pelas esquerdas: estupro coletivo realizado pelos "inofensivos refugiados"...

Após os ataques em massa no Ano Novo contra as mulheres em várias cidades europeias, o Instituto Federal Alemão de Polícia Criminal, o BKA, agora diz que o “jogo de estupro” árabe chamado "Taharrush" estabeleceu-se na Europa, informa o jornal alemão Die Welt.

Além dos eventos em Colônia, a polícia de Berlim, Hamburgo, Bielefeld, Frankfurt, Düsseldorf e Stuttgart relataram incidentes semelhantes. Além disso, a polícia de Viena e Salzburg na Áustria e Zurique na Suíça acionaram o alarme sobre ataques em massa semelhantes contra mulheres migrantes árabes recém-chegadas.

Também a Suécia e a Finlândia experimentaram o mesmo na véspera do Ano Novo. Os ataques variam de abuso sexual ao estupro, diz o chefe do BKA, Holger Münch.

O “jogo de estupro” chamado Taharrush é sobre um grande grupo de homens árabes que cercam sua vítima, normalmente um mulher ocidental ou uma mulher vestindo roupas de estilo ocidental e, em seguida, é submetida a abuso sexual. Eles cercam a vítima em círculos. Os homens no círculo interno são os que abusam fisicamente a mulher, os do círculo em volta são os espectadores, enquanto a missão do terceiro círculo é distrair e desviar a atenção para o que está acontecendo. Se há homens suficientes, a mulher é arrastada juntamente pela multidão, enquanto os homens se revezam rasgando a roupa dela, apalpam-na, e inserem os dedos em seus vários orifícios do corpo.

O Taharrush é conhecida no Egito como uma espécie de “abuso sexual mais claro ou estupro coletivo” e ocorreu durante a revolução egípcia (a Primavera Árabe) de 2011, na agitação na praça Tahrir, onde as mulheres egípcias e, em alguns casos jornalistas estrangeiras, foram cercadas por grupos de homens, muitas vezes ter sido tocadas com intenção sexual e parcialmente despidas e estupradas.

Confira o vídeo da “Taharrush”... Imagens fortes!:


Via: http://logosapologetica.com/

Nenhum comentário