Últimas

ALUNOS SÃO PROIBIDOS DE RECITAR BÍBLIA NA PEÇA "O NATAL DO CHARLIE BROWN" E PAIS PROTESTAM


O especial de TV "O Natal do Charlie Brown" foi transformado em uma peça de teatro em uma escola do estado norte-americano do Kentucky. No entanto, a condição da diretoria imposta aos alunos foi a de retirar um trecho bíblico do roteiro.

Em uma das cenas mais emocionantes da animação, o personagem Linus van Pelt recita o texto bíblico de Lucas 2:8-14 ([...] "Hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador que é Cristo, o Senhor" [...]).

No entanto, o superintendente do Condado de Johnson, Thomas Salyer, alertou as escolas no início do mês para se certificarem de que o incentivo à qualquer religião fosse evitado nas performances de natal.

W.R. Castle Elementary School foi uma das escolas censuradas. No entanto, depois que seu diretor, Jeff Cochran, vetou a texto religioso que falava sobre o verdadeiro significado do Natal, protestos foram instalados em frente ao prédio do colégio por vários dias.

Na apresentação realizada na semana passada, nenhum estudante recitou a fala de Linus sobre o Evangelho de Lucas. No entanto, a platéia formada, em grande parte, pelos pais dos alunos, recitou o trecho bíblico como forma de protesto.

"Os pais que estavam nas arquibancadas citaram o versículo do livro de Lucas, e foi simplesmente um momento incrível. Todo mundo estava, praticamente, aplaudindo em lágrimas. Foi um grande momento", disse Joey Collins, pai de um estudante do Kentucky.

Convicção

O Reverendo Franklin Graham, filho do famoso evangelista Billy Graham, também se manifestou sobre o caso. "Os alunos foram obrigados a deixar de fora o verdadeiro significado do Natal, registrado na Bíblia. Que tipo de programa de Natal é esse? É uma pena que muitos já não dão boas-vindas à Cristo em sua própria história", disse ele em sua página no Facebook.

Via: http://guiame.com.br/gospel/noticias/alunos-sao-proibidos-de-recitar-biblia-na-peca-o-natal-do-charlie-brown-e-pais-protestam.html e ocorreiodedeus.com.br

Nenhum comentário