Últimas

LÍDER PALESTINO AFIRMA QUE JUDEUS CONSTRUIRÃO TEMPLO “PARA ADORAR O DIABO”


Um importante líder religioso palestino fez uma “denúncia” durante uma prédica de sexta-feira na mesquita Al-Aqsa, em Jerusalém. Para os muçulmanos, este é o dia santo da semana e as palavras ditas nestas ocasiões tem uma força maior.

O shiek Khaled Al-Mughrabi deu uma pista sobre o real motivo por trás do que está sendo chamado de “terceira intifada”, o temor que os judeus recuperem o domínio do monte do templo.

Al-Mughrabi afirmou que o povo judeu “um dia” irá construir seu templo em Jerusalém, onde eles se reunirão “para adorar o diabo”. Para ele, esse é um sinal da chegada do fim dos tempos, que culminará no extermínio do povo judeu e o Islã se mantendo como a única religião mundial.

O material foi divulgado pela organização Palestinian Media Watch. Na prédica, que se assemelha aos sermões de pastores ou padres, ele declara: “Os filhos de Israel serão forçados – embora não admitam – a mudar seus planos e construir o templo no interior da estrutura da mesquita Al-Aqsa… Será um templo de heresia para adorar o diabo”.

“Por quê?”, questiona. “Porque o Al-Masih ad-Dajjal [Anticristo] não aparecerá antes que este templo seja construído e o diabo adorado lá. Seu discurso foi baseado em um hadith [ensinamento tradicional] do profeta Maomé. Ele citou o trecho que diz: “O Dia do Juízo não virá até que os muçulmanos combatam os judeus. Quando um judeu se esconder atrás de pedras ou árvores, as pedras e as árvores vão dizer: Ó muçulmanos, há um judeu atrás de mim, venha e mate-o”.

Esse sheik é conhecido pelos seus discursos odiosos contra Israel, a quem já acusou de usar sangue de crianças em rituais religiosos e de terem planejado os ataques de 11 de setembro de 2001 e culpado os muçulmanos. Al-Mughrabi foi preso pelo governo israelense em agosto, por incitação ao terrorismo. Este foi o primeiro sermão seu divulgado após ser solto no mês passado. Com informações Jerusalém Post e The Blaze

Assista:



Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/ - Jarbas Aragão

Nenhum comentário