Últimas

INGLATERRA PEDE PARA QUE A OTAN SE PREPARE PARA A GUERRA CONTRA A RÚSSIA

US para-troopers of the Army's 4th 25 Infantry Brigade Combat Team (Airborne), part of the NATO-led peacekeeping mission in Kosovo (KFOR) jump with parachute during a military drill near the village of Ramjan on May 27, 2015

Funcionários seniores do exército britânico, pediu às autoridades da OTAN para “revisar os cenários da Guerra Fria” e se preparar para uma guerra em grande escala contra a Rússia, que vem conseguindo consecutivas vitórias contra os militantes do Estado Islâmico na Síria e avançou na tecnologia de ponta com o tanque de batalha T-14 Armata.

Os antigos oficiais do exército do Reino Unido disseram que os militares russos são mais eficazes em comparação com o da NATO, pedindo para os líderes do bloco investir urgentemente mais dinheiro no melhoramento das capacidades de força conjunta e para “revisar o cenário da Guerra Fria, e isso inclui a guerra convencional, simétrica no leste da Europa, ” relatou o The Sunday Express.

Os oficiais do exército britânico estão alarmados com a capacidade do tanque de guerra T-14 Armata, que é um exemplo de uma nova geração de tanques da engenharia russas, e não há nada comparável em outras partes do mundo. Ele pode facilmente resistir a qualquer ataque de mísseis antitanque da OTAN, sendo os já existentes e aqueles ainda irão ser inventados.

De acordo com o Sunday Express, o T-14 tem feito especialistas britânicos “centrar suas mentes” no desenvolvimento de blindados, melhores que o seu tanque britânico, o Challenger 2, já que o mesmo parece ser ultrapassada e ineficiente em comparação com a “Armata. “

Depois da Rússia anunciar planos de adquirir mais de 2.300 tanques T-14 Armata até 2020, o oficial britânico aposentado, Maj Gen Patrick Cordingly disse que o Reino Unido tem apenas 227 Challengers-2 desatualizados no momento, precisa obter mais tanques.

“Há 100 nações no mundo que têm carros de combate e eles os tem por uma razão e não investir em no nosso tanque de guerra, é contra a lógica…”

A Rússia também está superando NATO em termos de velocidade na implantação de forças, e em relação aos últimos treinos apresentados pela aliança, peritos observaram, que a OTAN Levou pelo menos um mês para os países ocidentais implantarem 30.000 soldados nos exercícios mais recentes, enquanto a Rússia foi capaz de implantar até 100.000 soldados no prazo de 24 horas.

Fonte: Sputnik News e http://www.conflitoseguerras.com.br/

Nenhum comentário