Últimas

CHEGADA DE MUÇULMANOS MUDA CIDADES DO INTERIOR DO BRASIL

E assim eles vão chegando... a sociedade ocidental, principalmente a cristã, nunca mais será a mesma... isso com certeza é um sinal dos tempos apocalípticos que vivemos...

Refugiados e migrantes em fuga da guerra e da fome na Ásia, na África e no Oriente Médio estão se organizando em enclaves multiétnicos que começam a redefinir a cultura, a economia e a demografia em pequenas cidades do interior do Paraná. A contínua chegada de muçulmanos para trabalhar no abate halal tem propagado os locais sagrados para o islã no Estado.

Treze cidades paranaenses têm mesquitas e nove dispõem de mussalas (espécie de capela). Metade foi aberta nos últimos cinco anos, fenômeno impulsionado pela diáspora oriunda de 18 países. Em geral, são pessoas impedidas de entrar na Europa que veem no Brasil uma alternativa.


Muçulmanos posam para foto no portal da cidade, em Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná

A maioria entra no país com pedido de refúgio, nem sempre reconhecido pelo governo brasileiro por falta de comprovação de que a saída do país de origem se deu por perseguição política, étnica, religiosa ou conflito armado. Mas, como têm emprego e endereço fixo, vão tendo o visto de permanência renovado.

Norteado pelo abate halal, esse novo fluxo migratório deu ares cosmopolitas a cidades de vocação rural. A degola de frangos exportados para países islâmicos só pode ser feita por muçulmanos, e empresas especializadas os recrutam ainda em São Paulo ou Brasília, por onde eles costumam entrar no país.

Via: Folha

Nenhum comentário