Últimas

PERITO EM FINANÇAS ALERTA QUE ESTAMOS PRÓXIMOS DE UM NOVO COLAPSO DAS BOLSAS AMERICANAS


Segundo um Perito em Finanças que anteviu com precisão os colapsos da bolsa americana na década de 70 e as duas últimas nesse século, o mercado atingiu, na semana de 17 de julho, um novo ponto similar aos anteriores que apontam para um novo colapso bem próximo. Esse ano Shemitáh continua apresentando os padrões vistos nos anteriores, esse é outro exemplo … já perdi a conta de quantos tem sido …

Segue o trecho do artigo:
————————–————————–————————————————
Um perito financeiro muito respeitado que previu corretamente as duas últimas grandes quedas do mercado de ações está agora advertindo que estamos bem à beira da próxima. John Hussman é um ex-professor de economia e finanças internacionais da Universidade de Michigan, e as informações em seu último comentário semanal do mercado é impressionante ( aqui: http://www.hussmanfunds.com/wmc/wmc150727.htm ). Desde 1970, houve apenas um punhado de vezes, quando uma combinação de sinais do mercado que Hussman utiliza indicaram que um grande pico do mercado foi atingido. Em 1972, 2000 e 2007 cada um desses picos foi seguido por uma dramática queda da bolsa. Agora, pela primeira vez desde a última crise financeira, todos os quatro sinais apareceram mais uma vez durante a semana de 17 de julho. Se a análise de Hussman estiver correta, isso poderia muito bem significar que o próximo grande crash do mercado acionário nos Estados Unidos é iminente.

De acordo com Hussman, quando há uma confluência de quatro indicadores-chave do mercado, que nos diz que o mercado atingiu o seu pico e está em perigo de cair.

Ele citou a métrica entre os indicadores que antecipam a queda após os picos em 1972, 2000 e 2007:

* Menos de 27 por cento dos consultores de investimento consultados pela Investors Intelligence diziam que as tendências são de baixa.

* As valorizações medidas pela relação Shiller preço/lucro são maiores do que 18 vezes.

* Menos de 60 por cento das ações S&P 500 estão acima de suas médias móveis de 200 dias.

* Recorde de alta em uma base de fechamento semanal.

“O aviso mais recente foi a semana encerrada em 17 de julho de 2015“, disse Hussman. “É comum dizer que eles não soam um sino no topo, e isso é verdade em muitos ciclos. Mas é interessante que os mesmos ‘ding’ foram ouvidas nos picos mais extremos entre eles”.

É muito raro para o mercado estabelecer um novo recorde de alta em uma base de fechamento semanal e tem mais de 40 por cento das ações que estão abaixo de suas médias móveis de 200 dias, ao mesmo tempo. É por isso que uma confluência de todos esses fatores é bastante incomum. Hussman elaborou sobre isso em seu relatório recente ( original aqui: http://www.hussmanfunds.com/wmc/wmc150727.htm ):
——
Os sinais restantes (recorde de alta em uma base de fechamento semanal, menos de 27% de baixas, índice Shiller P/E maior do que 18, menos de 60% das ações do S&P 500 estão acima de sua média de 200 dias), são mostradas abaixo [vide gráfico do post]. O que é interessante sobre essas advertências é o quão perto eles identificaram o pico do mercado preciso de cada ciclo. Divergências internas têm que ser bastante extensas para o S&P 500 registrar uma nova alta sobrevalorizada, muito otimista com mais de 40% de suas ações componentes já em queda – é, evidentemente, uma indicação rara de uma última rodada. A advertência de 1972 ocorreu em 17 de Novembro de 1972, apenas 7 semanas e menos de 4% a partir do alto final antes de o mercado perder metade do seu valor. A advertência de 2000 ocorreu na semana de 24 de março de 2000, marcando a exata alta semanal daquela “corrida de touros”. A instância de 2007 durou duas elevações consecutivas de fechamento semanais: 05 de outubro e 12 de outubro, a alta diária final do S&P 500 foi em 09 de outubro – bem no meio. O aviso mais recente foi na semana encerrada em 17 de julho de 2015.
——
O gráfico abaixo é o que Hussman menciona em seu comentário descrito anteriormente.


Parece que os sinais do Hussman são capazes de indicar os principais colapsos do mercado de ações com uma precisão impressionante.

E considerando o fato de que nós acabamos de atingir um novo “ding”, pela primeira vez desde a última crise financeira, o que Hussman está dizendo é mais do que apenas um pouco ameaçador.

Artigo original aqui: http://theeconomiccollapseblog.com/archives/an-expert-that-correctly-called-the-last-two-stock-market-crashes-is-now-predicting-another-one

Via: http://dcvcorp.com.br/ - Dionei Vieira

Nenhum comentário