Últimas

AMÉRICA ANTICRISTÃ: CARTAZ COM VERSÍCULO BÍBLICO EXPOSTO EM JOGO QUASE ACABA EM PRISÃO

World Series, game 4, last at bat for Detroit. Doug works the John 3:16 sign into the critical shot and the rest is history. His sign was seen live by millions. For the next 3 or 4 days it was seen on every newscast across the world. It was replayed on the tonight show with Jay Leno and all of the other talk shows.

Se fosse um muçulmano, ele seria intocável...

A polícia da cidade de San Francisco, na Califórnia, está sendo acusada de intimidar um homem que segurava um cartaz com mensagem religiosa. O incidente ocorreu durante o jogo de beisebol entre as equipes Giants e Dodgers.

Gino Emmerich levantou sua mensagem, sendo logo em seguida abordado por um produtor do canal ESPN, acompanhado de quatro policiais. Ele conta que já havia sido procurado pela mesma pessoa do lado de fora do estádio, quando a emissora fazia imagens do público chegando ao jogo.

O produtor, que não teve seu nome revelado, afirmou que Gino seria preso se mostrasse seu cartaz diante das câmeras. Quando o cristão ergueu a mensagem evangelística dentro do estádio, esse homem voltou, trazendo a polícia junto!

Cartazes com o versículo bíblico são uma espécie de tradição em eventos esportivos nos EUA, sendo usados desde a década de 1970. A prática é levada tão a sério, que Gino fundou um ministério que se especializou em usar esse tipo de apelo, conforme indica seu site pessoal.

Esse é o primeiro incidente desse tipo a ganhar atenção nacional.

Embora o imbróglio tenha ocorrido em julho do ano passado, voltou a ganhar destaque por que será julgado em breve. O senhor Emmerich tentou expor o cartaz perto da cabine de transmissão da ESPN. Esse seria o problema, embora a emissora negue que essa seja a política da empresa.

Em seu depoimento, Gino conta que ele se posicionou atrás dos comentaristas da TV, sabendo que teria maior visibilidade. Após alguns minutos saiu dali. Foi quando recebeu a ameaça. Ele ouviu do produtor: “Se você for ali e segurar este cartaz de novo, iremos prendê-lo e o sargento irá decidir para onde podemos levar você”.

A opção de Emmerich foi sair do estádio e voltar para casa. No processo que está movendo contra a cidade de San Francisco num tribunal federal, ele alega que seus direitos foram violados e pede uma compensação de 50.000 dólares por danos morais. Alega que diversas pessoas carregavam cartazes, mas ele foi pressionado por ser uma mensagem religiosa.

Os quatro policiais que acompanharam o produtor da ESPN também estão sendo processados, mas num tribunal local. Eles terão de apresentar provas que o Gino estava quebrando alguma lei para ser ameaçado de prisão. Com informações de WND

Por Jarbas Aragão

Via: http://noticias.gospelprime.com.br/cartaz-verso-biblico-acaba-prisao/

Nenhum comentário