Últimas

A AGENDA AVANÇA: CASAMENTO GAY PODE ABRIR PORTAS PARA LEGALIZAÇÃO DA PEDOFILIA?


Os democratas tentaram normalizar a pedofilia como uma orientação sexual

Uma recente decisão da Suprema Corte sobre o casamento homossexual poderá em breve permitir que os pedófilos argumentem que eles estão sofrendo discriminação.

"Usando as mesmas táticas usadas pelos ativistas dos direitos 'gays', os pedófilos começaram a procurar um estatuto semelhante argumentando que seu desejo de ter filhos é uma orientação sexual diferente do que heterossexuais ou homossexuais", escreve Jack Minor para o Northern Colorado Gazette.

Minor observa que "os psiquiatras estão começando agora a defender a redefinição da pedofilia da mesma forma que a homossexualidade foi redefinida há vários anos."

A homossexualidade foi por muito tempo considerada uma doença mental. No entanto, em 1973, a Associação Psiquiátrica Americana a desclassificou a partir da de transtornos mentais.

Mais recentemente, uma organização auto-descrita como "pessoas atraídas por menores", a B4U-ACT, realizou um simpósio propondo uma nova definição da pedofilia no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos de Saúde Mental da APA.

A B4U-ACT e outras organizações de defesa da pedofilia cita a APA emitiu um relatório afirmando "que o 'potencial negativo' do sexo adulto com crianças foi 'exagerado' e que 'a grande maioria dos homens e mulheres não relataram nenhum efeito sexual negativo das experiências de abuso sexual na infância.'"

Em 2013, a congressista da Califórnia, a Rep. Jackie Speier, uma democrata, propôs federalizar uma lei estadual proibindo que psicólogos mudem a orientação sexual de uma pessoa. O projeto de lei, de acordo com os críticos, poderia definir a pedofilia como uma orientação sexual e iria proporcionar os mesmos direitos concedidos aos homossexuais.

"Esta linguagem é tão ampla e vaga, que sem dúvida poderia incluir todas as formas de orientação sexual, incluindo a pedofilia", disse Brad Dacus, presidente do Instituto de Justiça Pacífico. "Não é apenas a orientação que está protegida - o comportamento associado com a orientação também é protegido."

Os democratas derrotaram uma emenda dos republicanos que declarou "a pedofilia não é abrangida como uma orientação." Um democrata da Flórida, Rep. Alcee Hastings, disse que todos os estilos de vida sexuais alternativos devem ser protegidos nos termos da lei.

Em 2014 o The New York Times argumentou em favor dos direitos civis para os pedófilos.

Margo Kaplan, um professor assistente do direito empresarial da Universidade de Rutgers, e um ex-advogado da American Civil Liberties Union, escreveu para o jornal que cerca de um por cento das pessoas sexualmente atraídas por crianças devem "esconder sua desordem de todos que eles conheçam - ou arriscam a perder oportunidades educacionais e de emprego, e enfrentam a perspectiva de assédio e até mesmo violência."

Este é essencialmente o mesmo argumento utilizado para a homossexualidade na grande mídia.

"Na verdade, todos os principais argumentos comumente usados para normalizar a homossexualidade têm sido usados ​​para normalizar a pedofilia e a pederastia", escreve Michael Brown.

Jerome Corsi, escrevendo para o site WND, se referiu que a pedofilia vai se tornar a próxima revolução dos "direitos sexuais". Corsi aponta para a normalização da patologia sexual que ocorreu após a investigação por Alfred Kinsey e do Instituto Kinsey para "variações sexuais."

Corsi cita Judith Reisman e seu livro de 2010 "Sabotagem Sexual."

"Nossas leis não são baseadas na moralidade judaico-cristã, mas na 'moralidade' imoral do Instituto Kinsey: um mundo adúltero, fornicador, abortivo, viciado em pornografia, masturbador, impotente, sádico, masoquista, bissexual, homossexual, exibicionista, voyeurista, e sexualmente abusivo de crianças", escreveu ela.

"Estas verdades são difíceis de aceitar, contudo cruciais. Os americanos devem chegar a entender o que deu errado e como nós mudamos de favoráveis à família e falho mas honrado país para um obcecado por sexo e violento."

Fontes:
- Infowars: GAYS RIGHTS MAY OPEN DOOR FOR PEDOPHILE RIGHTS
- Northern Colorado Gazette: Pedophiles want same rights as homosexuals
- Federal Jack: Pedophilia is a sexual orientation under CA bill
- Before Its News: Pedophilia Is A Sexual Orientation Under CA Bill
- The New York Times: Pedophilia: A Disorder, Not a Crime
- Town Hall: Why Are We Surprised With the Push for 'Pedophile Rights'

Via: http://www.anovaordemmundial.com/2015/07/agenda-da-pedofilia-direitos-do-gays-pode-abrir-portas-para-os-direitos-da-pedofilia.html

Nenhum comentário